Siga Nossas Redes Sociais

Rio 2016

Brasil bate Colômbia em SP e pega Honduras nas semis do futebol masculino

Escrito em

Quem viu a seleção brasileira na primeira fase, não imagina o que viria a acontecer nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Em um jogo nervoso, com a Colômbia chegando duro, o país mantem o sonho da medalha de ouro. Com a vitória de 2×0, gols de Neymar e Luan, o Brasil se credenciou para enfrentar Honduras, que mais cedo derrotou a Coreia do Sul por 1×0.

Em primeiro tempo nervoso – foram cinco cartões ao todo, sendo quatro para os colombianos -, os canarinhos conseguiram abrir o placar cedo. De falta, aos 11 minutos, o camisa 10 da seleção chutou a meia altura, contou com uma barreira muito mal armada para balançar as redes do goleiro Bonilla. A Colômbia pouco chegava, se preocupava mais com a marcação e fazia muitas faltas – chegou a 14. A primeira parte do jogo acabou com o Brasil dominando mas sem muitas chances reais de gol.

A segunda etapa começou mais lenta, apesar do “Las cafetones” continuarem cometendo muitas faltas. A equipe liderada por Teo Gutierrez tentava, mas seguia ser marcar. O lance de maior perigo foi quando Borja ganhou de Rodrigo Caio e chutou forte para bela defesa de Weverton. Na sequencia, Pabón bateu forte e novamente o arqueiro fez a defesa.

O jogo caminhava para o 1×0 até os 38 minutos. Luan recebeu a bola, carregou, ninguém marcou e ele arriscou. De fora da área, ele encobriu o goleiro adversário e anotou um golaço. 2×0 Brasil.

Neymar marca golaço de falta e Brasil despacha Colômbia dos Jogos Rio 2016 - Foto: Ricardo Stuckert/CBF

Neymar marca golaço de falta e Brasil despacha Colômbia dos Jogos Rio 2016 – Foto: Ricardo Stuckert/CBF

Destaques para a boa dupla de zagueiros, Rodrigo Caio, atleta do São Paulo, e Marquinhos, do Paris Saint Germain, que parou os atacantes da Colômbia. Dessa maneira, o Brasil ainda não levou gol nas Olimpíadas, sendo cinco quatro jogos, ou 360 minutos.

Agora, a equipe da casa enfrenta Honduras, na quarta feira, 17, no Maracanã. O jogo começa às 13h. No mesmo dia, porém às 16h, a Alemanha enfrenta a Nigéria. Os vencedores fazem a grande final, que será realizada no sábado, 20, às 17:30, no Rio de Janeiro.

Gabriel Lima é jornalista e editor executivo da Esportes Brasília. Já cobriu uma Copa do Mundo da FIFA (2019).

Continue Reading
Clique para deixar seu comentário

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

P