Siga Nossas Redes Sociais

Rio 2016

Brasil vence e França diz ‘au revoir’ no vôlei masculino

Escrito em

O Maracanãzinho, vizinho de um dos maiores palcos do futebol mundial, foi palco de um jogo digno de qualquer final, pois o Brasil enfrentou a França em confronto direto para saber quem avançaria para as quartas de finais. Melhor para o time de amarelo, que por 3 sets a 1 e conseguiu a classificação que poderia ter vindo com mais tranquilidade. Parciais de 25×22, 22×25, 25×19 e 25×23.

A França iniciou o primeiro set com mais atenção, tomou proveito dos erros brasileiro e tentava escalar uma vantagem, chegando a abrir 4 pontos. Porém, quando o Brasil acordou para o jogo, o panorama foi outro, tornou o jogo mais equilibrado, o que assustou os franceses, e a partir daí, pecaram feio nos saques, entregando muitos pontos para o Brasil, fazendo a seleção brasileira empatar e virar o set por 18 a 16.

Essa virada foi essencial, o ânimo dos jogadores em quadra se renovaram e com Lipe e Wallace jogando o fino da bola, precisavam apenas prosseguir com a vantagem para abrir a contagem de sets, 25 a 22.

O segundo set começou da mesma forma que o anterior, França com vantagem e o Brasil correndo atrás, mas dessa vez não houve muitos erros franceses a serem aproveitados, apenas mantiveram a distância, porém, o Brasil acorda, e em um jogo parelho, arrancam um empate, e quando parecia que poderiam virar, a França sacramenta um domínio quase integral do set, 25 a 22.

Ponto a ponto o terceiro set foi incialmente trabalhado, as duas equipes estavam indo bem, forçando jogadas para dificultar a recepção e sem cometer muitos erros. Quando a França abriu dois pontos de vantagem, 14×12, a seleção brasileira logo tratou de empatar e virar, abriu cinco pontos de vantagem e terminou o set na frente, 25 a 19.

O quarto jogava pressão para os dois lados, no lado Francês, era vencer e levar para o tie-break para manter viva a chance de se classificar, e para o Brasil, acabar o jogo ali e evitar mais sustos.

Brasil demonstrou total vontade de encerrar o jogo ali, iniciou fulminante que acabou esbarrando no bom jogo francês, que viraram a partida e abriram 3 pontos de vantagem, 13 a 10. Lucarelli que demorou para aparecer e Wallace que esteve bem durante toda a partida ajudaram o Brasil a encostar e apertar o jogo. A França continuava indo bem, até que, pequenos erros fizeram o Brasil empatar, e quando o Brasil virou, jogou toda a pressão para o lado francês, que ao errar o ataque fecha o jogo para o Brasil, 25×23.

Continue Reading
Clique para deixar seu comentário

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

P