Siga Nossas Redes Sociais

Vôlei

Brasília Vôlei vence Bauru e sobe na tabela da Superliga Feminina

Escrito em

O Brasília Vôlei voltou à quadra na noite desta quinta-feira (3) depois de sofrer a quarta derrota no torneio diante do Rio de Janeiro na ultima terça feira. Jogando no ginásio do SESI de Taguatinga Norte o Distrito Federal enfrentou Bauru em partida válida pela sétima rodada da competição.

O time da capital conseguiu seu terceiro triunfo na superliga superando a equipe paulista por três sets a um em 1h45min de partida com parciais de 25×21, 27×25 e 25×22. A ponteira Paula Pequeno foi a melhor jogadora da partida, ficou com o troféu Viva Vôlei e foi a maior pontuadora da partida com 16 pontos.

O técnico Manu Arnaut vem trabalhando com lesões dentro da equipe desde o inicio da temporada. A ponteira Amanda começou com uma lesão na mão. A oposta Barbara chegou da seleção brasileira e só veio fazer a sua primeira partida como titular hoje (3). O treinador relata que a atleta ainda sente dores, mas administra para conseguir incorporar à jogadora a equipe. “A Barbara vem sentido dor, ela não está 100%, não faz o treino todo, saca menos. Mas ela precisa treinar, ela era central até pouco e não tem muito tempo que está treinando como oposta. Ela tem muito a evoluir na posição para bater bolas mais altas, não somente as bolas rápidas”, explicou o treinador.

O próximo compromisso do Brasília Vôlei válido pela oitava rodada do primeiro turno será contra a equipe de São Bernardo na próxima terça-feira (8) às 19h no ABC paulista.

O Jogo
As duas equipes vieram modificadas depois de terem jogado na ultima terça. Com pouco tem de recuperação entre os dois jogos ambos os técnicos fizeram mudanças. Pelo Brasília Vôlei a troca foi de ponteira, Kasiely no lugar da Amanda e de central, a Roberta voltou no lugar da Natalia. Já no Bauru, Naiara e Bruna saíram para entrada da Natiele e Mari Helen.

No primeiro set, o Bauru começou melhor no saque e abriu a diferença mínima de dois pontos no começo da parcial em 5×3. O time de Brasília começou a se acertar em quadra e depois de uma boa sequencia da oposta Barbara no saque o time empatou e virou em 9×8. O time do interior paulista conseguiu se recuperar e chegou ao segundo tempo técnico a frente em 16×15. Após a parada obrigatória o time candango se recuperou principalmente com os ataques da Paula Pequeno e com a inversão de 5×1 com a entrada da Ana Paula e da Sara para fecharem o set por 25×21 em 28 minutos.

No segundo set, a partida continuou equilibrada com as duas equipes trocando pontos e com grandes ralis na sua maioria convertidos pelo DF. Com uma eficiência maior nos contra-ataques, Brasília Vôlei chegou a abrir 13×10 e chegou no segundo tempo técnico com uma vantagem de 16×14. O time paulista empatou em 19×19 depois de uma sequencia de dois ataques errados do Brasília. As duas equipes continuaram trocando pontos até chegar no 24×24. O Brasília Vôlei conseguiu a diferença mínima para fechar o set por 27×25 em 39 minutos.

No terceiro set, a equipe de Brasília começou displicente e viu o time paulista abrir 3×0 logo no começo do set. O time da capital chegou a encostar no placar no primeiro tempo técnico quando fez 7×8. Após a parada a equipe de Bauru voltou a abrir depois de mais uma serie de erros das brasilienses fazendo 14×11. O time da capital conseguiu diminuir a diferença antes da segunda parada em 14×16. Após o tempo a equipe candanga conseguiu empatar a parcial em 16×16. Brasília conseguiu abrir dois pontos de vantagem depois de erro no levantamento da Naiara. Depois as donas da casa administraram o placar para fechar a parcial por 25×22 em 33 minutos e o jogo por três sets a zero.

Continue Reading
Clique para deixar seu comentário

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

P