Desde 1993 sem erguer uma taça em torneios da seleção principal, uma ferida Argentina chega ao Brasil para disputa da Copa América. Com o interino Lionel Scaloni no comando da equipe, a renovação dos jogadores da seleção foi inevitável. Apenas nove atletas que disputaram o Mundial da Rússia em 2018 estarão presentes no torneio continental. O craque Lionel Messi, que vira mexe é atingido por rumores de aposentadoria da seleção alviceleste, está convocado e desfilará pelos gramados tupiniquins.

Uma das grandes baixas dos hermanos na competição é o zagueiro Walter Kannemann, do Grêmio. O jogador sofreu uma lesão nas costelas às vésperas da convocação final e acabou cortado por Scaloni. O atleta vinha suprindo uma das maiores lacunas do time argentino nos últimos anos: a defesa. Os zagueiros argentinos são alvo de pesadas críticas dos torcedores e dos jornais alvicelestes.

A argentina foi sorteada no grupo “B” ao lado de Colômbia (adversária da estreia, às 19h do dia 15, na Arena Fonte Nova, em Salvador), Paraguai e Catar. Na sequência, Messi e companhia pegam o Paraguai no dia 19, no Mineirão, em Belo Horizonte, e o Catar, dia 23, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

Os hermanos disputam um amistoso logo mais, às 21h30 (de Brasília), contra a Nicarágua, no estádio del Bicentenario, na província de San Juan, na Argentina. A partida será o único e último teste dos argentinos antes da Copa América. A provável equipe que subirá ao campo para representar a seleção que tem 14 títulos de Copa América é: Armani; Saravia, Foyth, Otamendi e Acuña; Lo Celso, Guido Rodríguez e Paredes; Messi, Aguero e Matías Suárez (Ángel Dí Maria).

Confira a lista completa da Argentina para a Copa América 2019:

Goleiros: Esteban Andrada (Boca Juniors), Franco Armani (River Plate) e Agustín Marchesín (América-MEX).

Defensores: Renzo Saravia (Racing), Nicolás Otamendi (Manchester City), Juan Foyth (Tottenham), Germán Pezzella (Fiorentina), Ramiro Funes Mori (Villarreal), Nicolás Tagliafico (Ajax), Marcos Acuña (Sporting) e Milton Casco (River Plate).

Meio-campistas: Rodrigo De Paul (Udinese), Leandro Paredes (PSG), Roberto Pereyra (Watford), Giovani Lo Celso (Betis), Ángel Di María (PSG), Guido Rodríguez (América-MEX) e Exequiel Palacios (River Plate).

Atacantes: Lionel Messi (Barcelona), Sergio Agüero (Manchester City), Paulo Dybala (Juventus), Matías Suárez (River Plate) e Lautaro Martínez (Inter de Milão).