Siga Nossas Redes Sociais

Futebol

Luziânia sai na frente, mas cede empate ao Brasília

Escrito em

A tarde desta quarta-feira, no estádio Abadião, foi de surpresas. O Brasília recebeu o líder Luziânia na estreia do técnico Gauchinho, que substituiu a Julinho Camargo. Surpresas pelos esquemas táticos adotados pelos treinadores, diferentes das últimas partidas.

O resultado disso tudo não poderia ser outro. A partida terminou empatada em 1×1, com os gols saindo no segundo tempo. Aos 14 minutos, o Luziânia abriu o placar. Lesson Santos avançou pela direita e cruzou na medida para Dan cabecear forte, marcando o primeiro gol da partida.

O time azulino ainda comemorava quando, aos 18, o meio campista Santos dominou a bola pela direita e, quando chegou próximo à grande área e viu o goleiro Edmar Sucuri adiantado, não pensou duas vezes. Acertou um chutaço de fora da área, no ângulo superior direito do arqueiro luzianiense, empatando o jogo.

Santos (D) comemora gol de empate para o Brasília diante do Luziânia - Foto: Ricardo Botelho/Brasília FC

Santos (D) comemora gol de empate para o Brasília diante do Luziânia – Foto: Ricardo Botelho/Brasília FC

Com o resultado, o Luziânia se manteve na liderança do Candangão, com 21 pontos ganhos. O Brasília enfim entrou no G8 e ocupa a oitava posição, com 10 pontos ganhos.

Para a próxima partida, as duas equipes terão desfalques. Perivaldo e Alcione tomaram cartão amarelo no jogo e serão ausência certa para o Luziânia por terem acumulado três cartões. Já Índio não jogará pelo Brasília pois foi expulso de campo.

“Nós achamos este empate com o Luziânia. Isto foi coisa de Deus mesmo, pois passamos por muita dificuldade, principalmente depois da expulsão do nosso zagueiro Índio. Agora é nos preparar para o confronto de vida ou morte domingo diante do Formosa”, disse Baiano, meia do Brasília.

Já o experiente Rodriguinho comentou que foi um jogo muito difícil. “Tivemos bons momentos, gostei da partida, mas eles conseguiram o empate. Agora é nos prepararmos para enfrentar aqui mesmo (Abadião), o Ceilândia no sábado”, ressaltou o experiente meia do Luziânia.

Jogo foi muito truncado e os atletas reclamaram da arbitragem na partida - Foto: Ricardo Botelho/Brasília FC

Jogo foi muito truncado e os atletas reclamaram da arbitragem na partida – Foto: Ricardo Botelho/Brasília FC

Na próxima rodada, o Brasília enfrenta o Formosa Esporte no estádio Diogão, em Formosa/GO. Já o Luziânia encara o Ceilândia no Abadião.

CAMPEONATO BRASILIENSE – 8ª RODADA
BRASÍLIA 1-1 LUZIÂNIA

Público: 145 pagantes
Renda: R$ 919,00
Cartões amarelos: Murilo Rusalen, Índio, Santos (Brasília); Perivaldo, Alcione, Thiago Mariano (Luziânia)
Cartão vermelho: Índio (Brasília)

BRASÍLIA
Artur; Dedê, André, Índio e Kleber; Pedro Ayub, Murilo Rusalen, Baiano (Werick) e Santos; Willian (Gilmar) e Giba (André Luis).
Técnico: Gauchinho

LUZIÂNIA
Edmar Sucuri; Lesson Santos, Peri, Rodrigo Barros e Marquinhos; Alcione, Thompson (Thiago Mariano), Rodriguinho e Allanzinho (Caio); Dan e Willian Saroa (Tatuí).
Técnico: Ricardo Antônio

Natural de Pelotas/RS, Sérgio Porto é jornalista com passagem pelas rádios Planalto AM, Clube AM, Nossa FM, Jovem Pan Brasil e DF10, parceira da Esportes Brasília. Também atua como repórter freelancer em diversas emissoras de rádio do país.

Continue Reading
Clique para deixar seu comentário

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

P