O Luziânia terminou a primeira fase de forma excepcional. Depois de marcar quatro gols na última partida contra o Sobradinho, o Azulino voltou a marcar quatro vezes no jogo. Dessa vez, o Ceilândia foi a vítima, em confronto que confirmou a vaga dos donos da casa para a segunda fase do Candangão.

Forte no ataque, o Luziânia foi para cima do adversário com o objetivo de ganhar uma posição melhor na tabela. Já o Gato Preto, que ainda tinha uma possibilidade remota de classificação, confirmou a décima colocação, com oito pontos (2 vitórias, 2 empates e 7 derrotas).

Titico abriu o placar, ainda na primeira etapa, aos 44 minutos. Após driblar o goleiro e ficar de cara para o gol, ficou fácil marcar. O lance do segundo gol do Azulino veio dos pés dele, Titico, um dos grandes nomes da partida pelo lado do Luziânia. O atacante deu o passe para Allanzinho ampliar aos 25′.

No segundo tempo, Lucas Silva dominou a partida, sendo o dono dos últimos dois gols do confronto. Com mais uma assistência de Titico, Lucas ampliou com o pé direito. Mais tarde, de cabeça, após o cruzamento certeiro de Goduxo, ele fechou o placar e deu a vitória para o Luziânia.

Garantido na sétima colocação com 14 pontos (4 vitórias, 2 empates e 5 derrotas), o Luziânia encara o Brasiliense, segundo na tabela, nas quartas de final. Lembrando que as partidas da próxima etapa do campeonato ainda não tem data marcada por precaução ao COVID-19.    

CAMPEONATO CANDANGO – 11ª RODADA
LUZIÂNIA 4×0 CEILÂNDIA
18/03/2020 – ESTÁDIO SERRA DO LAGO– LUZIÂNIA/GO

Arbitragem: Maricleiber Gois
Assistente 1: Lucas Modesto
Assistente 2: Christofer Souza

Cartões amarelos: Juninho, Bruno Brito, Kelvin, pelo Luziânia; Lucas Bocão, Juan, Evandro, pelo Ceilândia.

Cartões vermelhos: Não teve.

Gols: Titico, aos 40’ do primeiro tempo, Allanzinho, aos 26’ do segundo tempo, Lucas Silva, aos 33’ e 40’ do segundo tempo.

LUZIÂNIA
Matheus Lorenzo; João Pedro, Bruno Brito, Santiago, Goduxo; Juninho, Allanzinho, Vitin (Kelvin), Manu (Clayton); Titico (Ferrugem), Lucas Silva.
Técnico: Sebastião Rocha

CEILÂNDIA
Henrique Marchesan; Juan (Felipe Alves), Eduardo, Felipe Piá, Murillo; Daniel Vargas, Carlos Eduardo, Evandro, Lucas Bocão (Raphael Kelvin); Vini (Matheus Brito), Cassiano.
Técnico: Gauchinho