Siga Nossas Redes Sociais

Futebol

Brasília perde para o Vila Nova e dá adeus à Copa Verde

Escrito em

O Brasília enfrentou o Vila Nova na noite desta quinta-feira (03) em partida válida pela fase preliminar da Copa Verde. Como empatou o jogo de ida por 1×1, o colorado candango só pensava em vitória para seguir na competição. Mas com um golaço de Frontini, sofreu o revés e está eliminado da competição.

O jogo
A partida começou estudada. As duas equipes até que chegavam aos ataques adversários, mas sem boas chances de concluir em gol.

Tanto que a primeira grande chance do jogo aconteceu aos 30 minutos e foi a favor dos donos da casa. Zotti cobra falta na medida, mas o goleiro Artur se estica todo e faz uma grande defesa.

Aos 38, o Vila Nova teve mais uma boa chance de abrir o placar. Frontini recebe pass de Luiz Fernando, invade a grande área e, cara a cara com Artur, praticamente devolve a bola para o goleiro do Brasília, levando o torcedor goiano à loucura.

Já no segundo tempo, o Brasília foi em busca de abrir o placar, uma vez que o empate sem gols classificava o tigrão goiano. Mas quem respondeu foi o Vila Nova. Aos sete, Frontini recebe ótimo passe de Zotti e bate pro gol, obrigando Artur a se esticar novamente, colocando a bola para escanteio.

Aos 29, não teve jeito. Victor Bolt avança pela esquerda e tenta achar Frontini. A zaga do Brasília falha e praticamente devolve a bola para o camisa 10 goiano, que chuta forte, no ângulo de Artur. Golaço do Vila Nova no Serra Dourada.

Marcação do Vila Nova foi grande durante toda a partida. Vitória dos goianos - Foto: Ricardo Botelho/Brasília FC

Marcação do Vila Nova foi grande durante toda a partida. Vitória dos goianos – Foto: Ricardo Botelho/Brasília FC

Cinco minutos após o gol, o técnico do Brasília, Julinho Camargo, coloca Fernandinho no lugar de Santos, fortalecendo o ataque, uma vez que o empate levaria a decisão para as penalidades máximas.

O Brasília pressionou por inúmeras vezes, mas a bola não entrava. Aos 41, Kleber recebe lançamento de Fernandinho na grande área, cabeceia, e a bola chega para Giba. No entanto, o atacante candango não consegue dominar e perde uma grande chance de empatar a partida.

Aos 48, o Vila Nova ainda teve uma chance para sacramentar a classificação. Frontini é lançado em condições válidas e, na hora de finalizar, a bola passa rente à trave de Artur e vai pela linha de fundo.

“A gente criou a oportunidade, mas não concluiu em gol. Vontade e determinação não faltou. A gente correu os 90 minutos, se dedicou, mas o que faltou foi isso. Agora é focar no estadual. Foi uma questão de detalhe”, analisou o lateral Murilo Rusalen.

As atenções do Brasília se voltam para o jogo entre Brasília e Ceilândia, válido pelo Candangão 2016. A partida acontece neste domingo (06), às 15h, com transmissão da Esportes Brasília, direto do Mané Garrincha.

COPA VERDE – FASE PRELIMINAR
VILA NOVA 1-0 BRASÍLIA

Público: 2.017 pagantes
Renda: R$ 31.235,00
Cartões amarelos: Dudu (Vila Nova); André, Kléber, Santos, Luis Felipe, Murilo Rusalen (Brasília)

VILA NOVA
Wagner Bueno; Reginaldo, Douglas Assis, Anderson e Patrick; Leandro, Luiz Fernando (Victor Bolt), Róbston, Fernando Neto (Dudu) e Zotti (Wendell Lira); Frontini.
Técnico: Rogério Mancini

BRASÍLIA
Artur; Kléber, André, Luis Felipe e Murilo Rusalén; Pedro Ayub, Santos (Fernandinho), Gilmar (Werick) e Nelinho; Giba e Willian (Michel Platini).
Técnico: Julinho Camargo

Rener Lopes é jornalista formado pela UCB. Atua na mídia esportiva desde 2006, com passagens por seis rádios, como narrador e setorista. Tem no currículo três olimpíadas (Atenas 2004, Londres 2012 e Rio 2016), duas Copas do Mundo, duas Copas América. Apresenta o Mais Brasil Esportes na Mais Brasil News FM.

Continue Reading
Clique para deixar seu comentário

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

P