Siga Nossas Redes Sociais

Basquete

Deryk Ramos desencanta e leva UniCEUB/Brasília à primeira vitória na final da Sul-Americana

Escrito em

O palco estava armado. Quase mil pessoas estiveram no Ginásio da AsCEB, transformando a casa do UniCEUB/Brasília em um verdadeiro caldeirão. A torcida organizada entrou no ginásio convocando os torcedores. Os gritos de “defesa, defesa” eram latentes quando o San Martin pegava a bola. Mas tudo isso pode se resumir a um relógio e uma pessoa: Deryk Ramos e 1,6seg.

Foi este o exato momento em que o camisa 9 do Uniceub/Brasília arremessou uma bola de três pontos e deu a primeira vitória aos candangos na grande final da Liga Sul-Americana de Basquete, realizada na noite desta quinta-feira (03) no Ginásio da AsCEB.

Em uma partida inesquecível (a primeira nas palavras do próprio Deryk), o UniCEUB/Brasília venceu o San Martin de Corrientes/ARG por 94×92 e abriu 1×0 na série final da competição sul-americana. “Queria aproveitar muito esse momento. Foi tudo especial para mim. Mas agora vamos trabalhar porque ainda tem mais um jogo, que será muito difícil”, disse Deryk.

Jeremiah Wood foi o maior pontuador argentino: 24 pontos e marcação implacável pra cima dos brasilienses - Foto: Alex Farias/Agência Clube do Esporte DF

O jogo
O primeiro quarto começou apertado. A primeira cesta caiu apenas a 1min40seg de jogo. O UniCEUB/Brasília pressionava com Jefferson Campos, Diego e Deryk Ramos. Do lado do San Martin, Fierro e Jeremiah Wood seguravam os ataques dos brasilienses. Melhor para os argentinos, que venceram por 23×13.

Já no segundo quarto, veio a reação brasiliense. Arthur, que voltou às quadras em uma noite inspirada – marcou 21 pontos -, Guilherme Giovannoni e Ronald levantaram os candangos e, restando cinco minutos para o intervalo, viraram o placar para 30×28. O domínio do UniCEUB/Brasília sofreu tentativas de quebra por parte do San Martin. Tanto que as duas equipes foram para os vestiários com os donos da casa vencendo por apenas um ponto: 39×38.

A volta do intervalo foi completamente parelha. Tanto UniCEUB/Brasília, como o San Martin, brigavam o tempo todo pela liderança no placar. Wood, Bolivar e Ciorciari não deixaram os candangos adiantarem a marcação e dominar o marcador. O terceiro quarto terminou empatado em 66×66.

O último período foi emocionante. As equipes continuavam se revezando na liderança. Ronald, Deryk e Arthur faziam de tudo para ampliar a vantagem, mas o San Martin conseguiu reagir e, restando um segundo para o apito final, Ciorciari marcou dois pontos e empatou o jogo, mais uma vez, em 84×84, levando a partida para a prorrogação.

O tempo extra foi de arrepiar. Chegou a bater um desespero à equipe candanga quando os jogadores começaram a arremessar de três pontos. Tentativas em vão. Mas o lance crucial da partida veio aos 4min53seg. Neste momento, o placar era favorável ao San Martin (92×91). Deryk Ramos recebeu passe de Guilherme Giovannoni, avançou pela esquerda, esperou a marcação argentina chegar e, restando dois segundos para o soar da sirene, arremessou certeiro de três pontos, estremecendo as estruturas do Ginásio da AsCEB.

Lance do jogo definiu o resultado. Wood tentou de três pontos e não deu certo. Vitória do UniCEUB/Brasília - Foto: Carlos Teixeira Campina/Agência Clube do Esporte DF

O técnico Jorge Gonzalez, do San Martin, resolve pedir tempo. Tenta corrigir a equipe e, no último lance, Bolivar lança Jeremiah Wood. No estourar do cronômetro, o americano arremessa para três pontos, mas a bola passa perto do aro e não entra. Fim de partida e um misto de emoção, choradeira e alívio para os torcedores candangos.

O UniCEUB/Brasília fez 1×0 na série melhor de três e realiza os dois próximos jogos no território argentino. Na próxima quarta-feira (09), às 22h15, o time enfrenta o San Martin em Corrientes/ARG. Se os candangos vencerem, faturam o título. Caso contrário, acontecerá o terceiro jogo no dia 10, também às 22h15.

Continue Reading
Clique para deixar seu comentário

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

P