Siga Nossas Redes Sociais

Rio 2016

Em dia de quebra de recordes, China leva ouro no levantamento de peso

Escrito em

Em uma prova disputada com quebra dos recordes mundial e olímpico, sendo duas vezes o segundo, o chinês Long Qingquan garantiu o ouro em sua categoria, com 307 kg na soma das etapas (137 no Arranco e 170 no arremesso).

No arremesso, onde os atletas levantam o peso com dois movimentos, o atleta ainda quebrou o recorde olímpico exatamente depois do norte coreano OM Yun Chul, que obteve a medalha de prata.

Chul foi o campeão olímpico em Londres 2012, com um total de 293 kg. Além disso, é o atual recordista mundial no arremesso, com 171 quilos. O Brasil não tinha atletas na competição.

Entenda o esporte
O halterofilismo, em todas as categorias, variando de 56kg até acima de 105kg, conta com duas etapas: arranco e arremesso. Na primeira, o atleta tem de levantar a barra acima da cabeça com apenas um movimento, sem apoia-la no corpo.

Já na segunda, é possível fazer o mesmo resultado, porém com dois movimentos, sendo possível apoiar à altura do ombro, sobre o peito.

Cada atleta tem três tentativas em cada fase, valendo aquela com o maior peso. Ao final da competição, ganha aquele que obtiver a maior soma dos estágios.

Resultado Final:
Long Qingquan – 307 – Ouro – China
Om Yun Chol – 303 – Prata – Coréia do Norte
Sinphet Kruaithong – 289 – Bronze – Tailandia

Gabriel Lima é jornalista e editor executivo da Esportes Brasília. Já cobriu uma Copa do Mundo da FIFA (2019).

Continue Reading
Clique para deixar seu comentário

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

P