Siga Nossas Redes Sociais

Futebol

Sobradinho derrota o Paracatu em casa e fica a uma vitória da classificação

Escrito em

Em um jogo truncado e muito brigado, dominado pelo Paracatu, o Sobradinho venceu os mineiros por 1×0 sob os olhares de sua torcida. Agora, os atuais campeões precisam de uma vitória nos últimos três jogos para carimbar a vaga na segunda fase do Candangão. Já o Paracatu continua com oito pontos, cai para a oitava posição e passa a ter a classificação ameaçada.

Autor do gol da vitória, Ewertton comemorou o triunfo e o primeiro gol pela equipe. “O goleiro “ajudou”, espalmou a bola no meu pé e eu só empurrei para o gol. É uma sensação boa, com a torcida ajudando… Graças a Deus a gente conseguiu fazer o gol no início do jogo e segurar. Mesmo com o tempo difícil de jogar, no qual a gente desidrata muito, conseguimos sair com a vitória”, comentou.

Do lado do Paracatu, o zagueiro Breno lamentou a derrota com o domínio do jogo. “No futebol é complicado você falar de justiça. A gente sabe que a equipe deles foi eficiente, tiveram a oportunidade no primeiro tempo e conseguiram concluir. O futebol é assim, muitas vezes uma bola define o jogo”, falou.

Primeiro tempo

Assim como no último compromisso (o empate contra o Real), o Paracatu buscou o jogo desde o início em busca dos três pontos. Mesmo que sem perigo efetivo, a equipe mineira criou duas oportunidades: uma com passe em profundidade de Maycon Alagoano para Rychely, aos quatro minutos, que ficou nas mãos do goleiro Michael, e outra em cobrada por Danilo Itaporanga, que passou à direita da meta, aos 6′. O primeiro suspiro do torcedor só aconteceu aos 11′, em nova investida dos mineiros. David Manteiga recebeu no meio, livre, e arriscou para o gol. A bola passou por cima do gol de Michael.

Aos poucos, o Sobradinho ia ganhando terreno e, como apoio da torcida, chegou ao primeiro gol aos 20 minutos do primeiro tempo. Luiz Felipe recebeu na ponta direita, avançou e chutou cruzado. O goleiro Gabriel fez boa defesa, mas a bola cai nos pés de Ewertton, que só teve o trabalho de empurrar para a rede. Sobradinho 1×0 Paracatu.

O Paracatu quase chegou ao gol de empate aos 47′. Cecel fez grande jogada pela ponta direita, driblou o marcador e cruzou para dentro da área. Rychely venceu a zaga do Sobradinho e desviou para o gol, mas a bola pegou na trave. No rebote, Cecel dominou na área, caiu e pediu pênalti, mas o camisa 11 estava em posição de impedimento.

Segundo tempo

A parte final do jogo começou de maneira diferente. O Sobradinho começou em cima e quase aumentou a vantagem logo aos dois minutos. Após cruzamento de Ferrari, Luiz Felipe cabeceou e a bola saiu à direita do goleiro Gabriel. Mal sabia a torcida do Leão da Serra que aquele lance seria um dos únicos do ataque da equipe. Em busca do empate, o Paracatu se jogou para cima, passou a dominar a ações e a desperdiçar ataques.

Aos 13’, quase o empate. Leandro, que tinha acabado de entrar, cruzou da esquerda e Rychely subiu mais que a zaga. A bola passou perto, assustando o arqueiro Michael, que nada poderia fazer.

Mesmo sem assustar, o Paracatu dominava todas as ações do jogo, pressionando o Sobradinho em busca do empate e de uma maior tranquilidade na tabela. Mas, sempre que chegava, o último passe não entrava e a equipe não conseguia empurrar a bola para o fundo gol. Enquanto isso, o Leão se defendia e tentava sair no contra-ataque, também sem sucesso.

Aos 32’, Davi quase tirou a angústia dos torcedores da Águia. Ele recebeu cruzamento na medida de Henrique e cabeceou cruzado. O goleiro Michael pulou bonito e fez uma grande defesa.

Mesmo com mais volume de jogo e mais próximo de marcar, o Paracatu não conseguiu acertar o tal último passe e empatar a partida. Final de jogo: Sobradinho 1×0 Paracatu.

Em busca da classificação antecipada para a segunda fase do candangão, o Sobradinho recebe o líder Gama, que já se garantiu no mata-mata, na próxima quarta feira (13). Já o Paracatu recebe o desesperado Santa Maria no mesmo dia, porém às 15h30.

CAMPEONATO CANDANGO – 7ª RODADA
SOBRADINHO 1×0 PARACATU

10/03/2019 – ESTÁDIO AUGUSTINHO LIMA – SOBRADINHO-DF

Arbitragem: Sávio Sampaio
Assistentes 1 e 2: Leila Cruz e José Reinaldo
Quarto árbitro: Marcos Antônio

Público: 239 pessoas
Renda: R$ 2.390 reais

Cartões amarelos: Humberto, Fernando e Ferrari (Sobradinho); Cecel (Paracatu)

Gols: Ewertton, aos 20 minutos do primeiro tempo.

SOBRADINHO
Michael; Júlio Ferrari, Humberto, Natan e Tomazi; Werick, Luiz Felipe, Ewertton (Ricardo Guilherme) e João Manoel (Fernando); Paulo Roberto (Lucas Vitor) e Rafael Fontes.
Técnico: Victor Santana.

PARACATU
Gabriel; Henrique, Breno, Hicaro e Danilo Itaporanga; Zé Wilson (Avine), Davi, David Manteiga e Maycon Alagoano; Rychely (Pato) e Cecel (Leandro).
Técnico: Joel Cornelli

Gabriel Lima é jornalista e editor executivo da Esportes Brasília. Já cobriu uma Copa do Mundo da FIFA (2019).

Continue Reading
Clique para deixar seu comentário

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

P