Siga Nossas Redes Sociais

Futebol

Hospital de campanha e Copa América obrigam Gama a atuar em outro estádio na Série D

Escrito em

O Gama, que está no grupo A5 da série D do brasileiro, depois de estrear na competição vencendo o Jaraguá/GO fora de casa por 3×1, faria a estreia em casa no próximo sábado (12), frente a Aparecidense/GO.

Contudo, o estádio Bezerrão está servindo para abrigar um hospital de campanha do Governo do Distrito Federal em função da pandemia da Covid-19. A partida, então, foi deslocada para o estádio Nacional Mané Garrincha.

O que a diretoria alviverde não esperava era que o Gama não poderá atuar naquela praça esportiva, pois o local está cedido para a realização da Copa América. Com isso, a diretoria gamense optou por atuar no estádio Abadião, na cidade de Ceilândia.

Além do jogo deste sábado, diante da Aparecidense/GO, o confronto do dia 26 de junho, frente ao Nova Mutum/MT, também já foi remanejado para o estádio Abadião.

Estádio Abadião será palco dos jogos do Gama na Série D – Foto: Divulgação

Enquanto isso, o técnico Ricardo Colbachini prepara o elenco para o jogo frente a Aparecidense. O recém contratado Felipe Menezes intensifica os treinamentos para poder ficar à disposição do comandante gamense.

Gama e Aparecidense terá arbitragem baiana de Irinaldo Jorge dos Santos Silva, da Bahia. Os assistentes serão Kleber Alves e David Santana e o quarto árbitro será Leandro Almeida Oliveira, todos do Distrito Federal.

Natural de Pelotas/RS, Sérgio Porto é jornalista com passagem pelas rádios Planalto AM, Clube AM, Nossa FM, Jovem Pan Brasil e DF10, parceira da Esportes Brasília. Também atua como repórter freelancer em diversas emissoras de rádio do país.

Continue Reading