Siga Nossas Redes Sociais

Futebol

Em dia chuvoso, chuva de gols anima torcida na vitória do Gama sobre o Taguatinga

Escrito em

O Gama, atual campeão candango, fez uma boa estreia no Candangão e venceu o time do Taguatinga neste sábado em um jogo muito movimentado no Bezerrão. O placar final foi 5 a 2 para o Periquito, mas a partida teve vários momentos interessantes para as duas equipes. Com o resultado, o Verdão garante uma boa colocação nesta primeira rodada.

Como choveu praticamente o dia inteiro, havia uma preocupação que tal fato atrapalhasse o jogo no Gama. Um pouco antes dos times entrarem em campo para fazer seu aquecimento, a chuva deu trégua e aliviou a partida. Um dos destaques do Taguatinga, e do jogo, Acosta, começou a partida no banco por opção do técnico Júnior Araújo.

O Gama começou levando perigo com alguns cruzamentos, mas não conseguia finalizar bem para fazer o goleiro do Taguatinga, Diogo Marins, trabalhar. Por sua vez, a Águia não conseguia desenvolver suas jogadas no meio de campo para causar qualquer problema ao seu adversário.

O Periquito abriu o placar aos dez minutos do primeiro tempo, quando Tarta bateu falta forte de longe e rasteira. O goleiro taguatinguense falhou e perdeu o tempo de bola. Pouco tempo depois, aos dezenove, Jefferson Maranhão fez uma boa jogada pela direita e tocou pro atacante Nunes finalizar. Judvan fez carga por trás e o árbitro Sávio Sampaio marcou pênalti. Com frieza e experiência, o jogador do time alviverde bateu rasteiro no meio do gol e ampliou o placar.

O Taguatinga teve uma chance espetacular para diminuir a diferença aos 33 minutos. Após uma boa defesa de Diogo Marins, para se redimir, Léo Veloso puxou um contrataque junto com Lucas. Apenas um defensor do dono da casa fechou o lance e, depois de demorar para tocar para seu companheiro e perder o espaço, Veloso chutou fraco para defesa de Calaça. Pode parecer que não, mas o gol perdido foi importante pra uma mudança futura na partida.

No início do segundo tempo, o nível da partida caiu e parecia que a partida ficaria sem gols na parte final. Mas, Tarta, ele mesmo, bateu uma falta no ângulo e deixou o Gama com 3 gols na partida aos onze minutos. Com a grande diferença, os donos da casa pisou no freio. Só não esperavam a grande mudança que estava para acontecer no Taguatinga.

Insatisfeito com a chance perdida de Léo Veloso, o técnico Júnior Araújo colocou o experiente Acosta em seu lugar. A alteração deu resultado aos 27 minutos, quando Júnior Alves, logo depois de entrar no jogo, cruzou e o veterano estava lá para cabecear e fazer o primeiro da equipe no campeonato. Pouco tempo depois, aos 32, Acosta, mais uma vez, agora depois de um escanteio cobrado por Douglas Rato, deu outra cabeçada mortal e botou a Águia de volta no jogo.

Pouco menos de 2 minutos depois, o atual campeão candango acabou rapidamente com a comemoração de seu adversário quando Émerson completou assistência involuntária do zagueiro Dougão, que escorregou. Ainda deu tempo para o quinto. Aos 38, Malaquias, depois de um passe absurdo de Nunes, entrou na área e tocou pra David Souza, outro jogador que saiu do banco, fechar a conta. Detalhe que Malaquias sofreu pênalti na jogada, mas, mesmo caindo, conseguiu dar a assistência para a finalização certeira.

Com um público presente de 1.377 pessoas e renda de R$ 24.163, o jogo deu um gostinho de quero mais a torcida brasiliense. O Gama enfrentará o Sobradinho no Augustinho Lima no domingo ás 11 horas, mesmo horário que o Taguatinga recebe o Brasiliense no Serejão.

Campeonato Candango – 1a Rodada
Gama 5 X 2 Taguatinga
25/01/2020 – Estádio Bezerrão – Gama-DF

Arbitragem: Sávio Pereira Sampaio
Assistente 1: Leila Cruz
Assistente 2 : Daniel Andrade

Público: 1.377 pagantes
Renda: R$ 24.163,00

Cartões amarelos: –

Gols: Tarta 9′, Nunes 19′ (1° tempo), Tarta 11′, Acosta 27′, Acosta 32′, Norton 38′ (2° tempo).

GAMA
Calaça; Gabriel, Emerson, Gustavo, Peu; Balotelli, Tarta, Esquerdinha(Malaquias); Luquinhas(David Souza), J. Maranhão(Norton), Nunes.
Treinador: Vilson Tadei.

TAGUATINGA
Diogo Marins; Douglas Rato, Dougão, Jefferson, Judvan; Denilson, Lucas Victor(Igor Moura), Regino; Léo Veloso(Acosta), Marquinhos(Júnior Alves), Dan.
Treinador: Júnior Araújo

Continue Reading
Clique para deixar seu comentário

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

P