Siga Nossas Redes Sociais

Futebol

Brasiliense domina Ituano/SP, mas não sai do zero e permanece em segundo no grupo

Escrito em

No primeiro jogo do returno, Brasiliense e Ituano saíram não saíram do zero. Com o empate, ambos dividem a liderança do grupo A13, com os paulistas em vantagem pelo saldo de gols. Pior para o Jacaré, que precisa tirar uma diferença de três gols para depender apenas de si para se classificar.

Os concorrentes deram uma baita força. Sem vitórias, URT/MG e Serra/ES deixaram os adversários de hoje tranquilos para brigarem pela liderança do grupo – que dá a classificação direta – e não ameaçaram a segunda colocação, que ainda depende do desempenho dos outros times da Série D para seguir sonhando com o acesso.

Ao final do jogo, Maikon Leite lamentou as oportunidades perdidas no empate em 0x0. “Faltou o último passe, finalizarmos melhor. A gente chegou mais, tivemos mais posse de bola, mas não aproveitamos as oportunidades”, disse. Alex Murici ressaltou o segundo tempo da equipe e o caminho para a liderança do grupo. “A gente precisa trabalhar para ganhar os pontos que precisamos. Ainda temos mais um jogo em casa”, completou o lateral.

Do lado do Ituano/SP, Pegorari destacou a estratégia da equipe de voltar para casa sem sofrer gols. “A gente veio com três volantes para fechar o meio e dar as beiradas para eles jogarem. O time está de parabéns por não ter levado o gol”. Quanto ao lance mais polêmico da partida, o arqueiro concordou com a marcação de Paulo Cesar Zanovelli. “Eles anularem muito bem o gol. A bola, claramente, bateu na mão e mudou completamente a trajetória da bola”, finalizou.

Brasiliense e Ituano não saíram do zero em Taguatinga. Equipes lideram a chave A13 e estão a um ponto de garantir a vaga na segunda fase da Série D – Foto: Igo Estrela/Metropoles

Primeiro tempo

Exatamente às 15h, horário de Brasília, a bola começou a rolar no Estádio Serejão. Neste momento, Brasiliense e Ituano, aliados ao empate entre URT/MG e Serra/ES, precisavam apenas manter o zero no placar para garantir os dois primeiros lugares do grupo. O Brasiliense, apoiado pela sua torcida, que fazia barulho, buscou o gol desde o primeiro minuto de jogo.

Depois de saída errada dos paulistas, Alex Murici roubou a bola e cruzou para a área. Romarinho cabeceou para o gol e a bola passou a esquerda do goleiro Pegorari. O Jacaré já assustava antes do primeiro giro do relógio. Aos sete, foi a vez do Ituano chegar com perigo. Gui Mendes recebeu livre, fora da área, de frente para o gol. O camisa 9 chutou forte e a bola passou perto do gol de Edmar Sucuri, que pulou só para conferir.

Peninha, com a camisa 10 do Jacaré, era o armador e buscava criar as melhores oportunidades para sua equipe. Foi ele que, aos 15′, recebeu, girou para cima da marcação e soltou uma bomba para o gol, obrigando Pegorari a fazer boa defesa e jogar a bola para escanteio. Na cobrança, Platini subiu sozinho, mas cabeceou por cima do gol.

Segundo tempo

Sabendo que uma vitória poderia garantir o primeiro lugar no grupo e a classificação à segunda fase da competição, o Brasiliense voltou diferente e passou a agredir mais. Tanto que ensaiou algumas vezes até perder uma grande oportunidade. Aos oito minutos de jogo, Alex Murici cruzou para área e Romarinho, de frente para o gol, cabeceou sozinho.

Com inveja da incrível chance desperdiçada pelo camisa 20 amarelo, Luizinho resolveu fazer igual. Aos 11′, o atacante do Ituano recebeu sobra dentro da área e, sozinho, isolou a bola. Inacreditável futebol clube.

O Brasiliense bem que chegou ao gol, mas não pôde comemorar por muito tempo. China cruzou a bola para dentro da área, Platini desviou e Romarinho cabeceou para dentro do gol. Porém o árbitro e seu auxiliar enxergaram um toque de mão na jogada e anularam a festa da torcida. Enquanto o Jacaré pressionava em busca do gol da liderança, o Ituano/SP buscava o gol nos contra golpes. Luizinho, que entrou como uma válvula de escape do time paulista, recebeu na esquerda, levou a marcação, puxou para o meio e chutou forte. A bola bateu na rede pelo lado de fora, assustando a torcida.

Aos 30 minutos, Edno sofreu falta no meio da rua, que foi cobrada por Alex Murici. O camisa 2 chutou bem, no canto do goleiro Pegorari, que fez uma bela defesa e colocou a bola para escanteio. O Brasiliense seguiu jogando melhor e buscando tirar o zero do placar. Aos 39 minutos, bela jogada do Jacaré com Maikon Leite. Ele saiu da marcação e tocou rasteiro para Edno dentro da área, que tentou o passe de calcanhar. A bola bateu na zaga e voltou ao meia-atacante. O camisa 17 deu um voleio para uma bela defesa de Pegorari.

Ainda tinha tempo para mais uma chance do Ituano. Contra-ataque rápido pela direita, bola cruzada no meio. Gui Mendes dominou e rolou para Angelotti, fora da área. O camisa 15 não pegou bem na bola e chutou fraco, nas mãos de Sucuri.

E foi só. Empate em 0x0 que beneficia o Ituano. Por conta do saldo de gols, os paulistas se mantêm na liderança do grupo e ficam mais próximos da classificação direta para a segunda fase.

CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE D – 4ª RODADA
BRASILIENSE 0×0 ITUANO/SP
26/05/2019 – ESTÁDIO SEREJÃO – TAGUATINGA/DF

Arbitragem: Paulo Cesar Zanovelli da Silva/MG
Assistente 1: Marconi Helbert Vieira/MG
Assistente 2: Marcyano da Silva Vicente/MG
Quarto árbitro: Vanderlei Soares de Macedo/DF

Público: 834 pagantes
Renda: R$ 4.700 reais

Cartões amarelos:
Michel Platini, Lucio e Ricardo Antônio(téc.) (Brasiliense)
Peri e Paulinho Dias (Ituano)

Cartões vermelhos: não houve.

Gols: não teve.

BRASILIENSE

Edmar Sucuri; Alex Murici, Lucio, Badhuga e China; Aldo, Fabinho(Maikon Leite), David Manteiga e Peninha (Edno); Michel Platini e Romarinho (Reinaldo)

Técnico: Ricardo Antônio.

ITUANO-SP

Pegorari; Pacheco, Mateus, Rodrigo e Peri; Paulinho Dias, Serraro (Felipe), Correa e Marquinho (Angelotti); Gui Mendes e Claudinho (Luizinho).

Técnico: Vinicius Bergantin

Gabriel Lima é jornalista e editor executivo da Esportes Brasília. Já cobriu uma Copa do Mundo da FIFA (2019).

Continue Reading
Clique para deixar seu comentário

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

P