Siga Nossas Redes Sociais

Futebol

Brasília surpreende e vence o Brasiliense no Mané Garrincha

Escrito em

Foto: Hugo Barreto/Metropoles.com

Na quarta rodada do Candangão 2022 nesta quarta-feira (02), Brasília e Brasiliense se enfrentaram no Mané Garrincha, em um confronto de quarto colocado contra o terceiro. E quem saiu vitorioso foi o Brasília, com gols de Leandro Aguiar e Ian Carlos, com Kesley descontando. Agora o colorado candango enfrentará fora de casa o Capital no sábado (5) no JK, enquanto o Jacaré jogará contra o Luziânia no domingo (6) em casa, no Serejão.

“Quem não faz, leva”

O Brasiliense já começou pressionando, com um cruzamento de Andrézinho pela direita e uma cabeçada de Marcão para fora aos 50 segundos de bola rolando.

Depois de muitos minutos de um jogo morno, aos 13, Luquinhas aproveitou um rebote no escanteio para chutar. A bola ia pra fora, mas Marcão e Aldo cabecearam juntos e a bola foi no travessão. Na sobra, Roger ficou com a bola, mas a arbitragem já marcava infração no ataque.

E só quem levava perigo era o Jacaré, pois na sequência, o colorado candango errou na saída e Bernardo finalizou em cima da marcação adversária.

Aldo chegou a balançar as redes aos 25, mas Marcello Rudá já tinha marcado falta do volante. A primeira chance do time mandante foi apenas aos 30 minutos, quando Ian Carlos sozinho pela direita chutou cruzado rasteiro, mas ela passou  do lado da trave direita de Sucuri.

A outra chance foi com Lucas Perdomo aos 36 minutos, com um chute de longe para fora. Ainda deu tempo de Leandro Aguiar tentar aos 43 minutos de fora da área, mas sem sucesso. Só que, nos acréscimos, Leandro Aguiar colocou para dentro do gol em uma belíssima batida de falta, para o Brasília terminar na frente na primeira etapa.

Emoção sobrou na segunda etapa

Antes do começo do segundo tempo, saíram Matheus Silva, Radamés e Bernardo para as entradas de Tiago Luís, Aloísio e Kesley para buscar o empate para o Brasiliense. Quase deu certo, pois, com 40 segundos, Matheus Rocha derrubou Andrézinho na área do Brasília. Na batida, Aloísio bateu fraco no canto esquerdo para Roger espalmar e, na sobra, Tiago Luís isolar.

Só aos 17 minutos o Jacaré reapareceu em bola pela direita com Daniel Alagoano, que havia acabado de entrar, para Kesley desperdiçar a oportunidade. E um minuto depois, Alagoano cabeceou para defesaça de Roger e, na sobra, Marcão rolou para Kesley empatar.

Aos 21 minutos, Tiago Luís quase virou para o time de Gueldini, em um chutaço de fora da área que passou muito perto da trave. O jogo ficou muito quente, mas, mais uma vez, o Colorado tentou jogar água no chope dos visitantes. Aos 24, Titico fez jogadaça, bateu de fora no canto e Sucuri espalmou.

Pena que espalmou para o lado onde Ian Carlos estava, e botar o time mandante na frente mais uma vez. Já aos 29, Roger (e/ou a trave) fez um milagre em uma cabeçada de Alagoano no cantinho.

CANDANGÃO 2022 – 1ª FASE – 4ª RODADA
BRASÍLIA 2-1 BRASILIENSE
02.02.22 – ESTÁDIO NACIONAL MANÉ GARRINCHA – BRASÍLIA/DF

Arbitragem: Marcello Rudá Neves
Assistente 1: Renato Gomes Tolentino.
Assistente 2: Christofer Souza Valeriano.
4º Árbitro: Pedro Carlos Copatt.

Gols: Leandro Aguiar (43’ do 1º Tempo); Kesley (18’), Ian Carlos (24’’ do 2º Tempo).

Cartões Amarelos:
Luquinhas (Brasiliense)

Brasília
Roger, Adilson, Tairone, Vinicius Machado e Matheus Rocha; Dadinho, Jhonson, Lucas Perdomo (Weberthi Titico), Willian (Lucas Victor), Ian Carlos (Obina) e Leandro Aguiar.
Treinador: Luís Carlos Souza.

Brasiliense
Edmar Sucuri, Andrézinho, Badhuga, Railon e Goduxo (Peu); Radamés (Aloísio), Aldo, Bernardo (Kesley), Luquinhas (Daniel Alagoano), Matheus Silva (Tiago Luís) e Marcão.
Treinador: Reinaldo Gueldini.

Continue Reading
P