O primeiro jogo em casa de 2017 do Tubarões do Cerrado marcou história no esporte do Distrito Federal. A tradicional equipe de futebol americano da capital federal enfrentou o Goiânia Rednecks pela segunda rodada do Brasil Futebol Americano, a primeira divisão do esporte no país.

Mas o jogo não foi apenas uma simples partida. As mais de 2,8 mil pessoas que estiveram no Estádio Nacional Mané Garrincha puderam apreciar a gastronomia tradicional de uma partida de futebol americano, shows com DJs da cidade, além de adquirir produtos e ver o jogo nos camarotes do estádio.

Em campo, o time candango dominou as ações no primeiro tempo, sempre marcado de perto pela equipe goiana. Mesmo assim, no primeiro quarto, o Tubarões do Cerrado abriu 15×0. Hitman abriu o marcador com um touchdown, acompanhado de uma conversão de dois pontos, colocando 8×0 no placar. Logo em seguida, Fellipe Florêncio anotou o segundo touchdown e Victor Fialho converteu o extra point.

Hitman abriu o placar logo no começo do primeiro quarto - Foto: Fernando Godoy/Agência EB
Hitman abriu o placar logo no começo do primeiro quarto – Foto: Fernando Godoy/Agência EB

No segundo quarto, uma falta sofrida por um jogador do Goiânia Rednecks paralisou a partida por cerca de 10 minutos. A equipe médica entrou em campo e atendeu o atleta, que até o fechamento desta matéria, não teve problemas maiores.

Na volta dos vestiários, o Tubarões do Cerrado mostrou a força mais uma vez em campo e fez mais um touchdown com Fellipe Florêncio. Victor Fialho converteu o extra point e ampliou ainda mais a diferença do time candango para 22×0.

Fellipe Florêncio (48) anotou dois touchdowns e foi o destaque do Tubarões do Cerrado na vitória diante do Goiânia Rednecks - Foto: Fernando Godoy/EB
Fellipe Florêncio (48) anotou dois touchdowns e foi o destaque do Tubarões do Cerrado na vitória diante do Goiânia Rednecks – Foto: Fernando Godoy/EB

Ainda deu tempo de, na reta final do quarto período, já dentro dos dois minutos finais de jogo, Sedrick converter o quarto touchdown do jogo e Victor Fialho anotar o extra point, fechando o placar em 29×0.

“Poder dar esse presente pra eles, torcedores, família, isso não tem preço. A satisfação é toda nossa”, ressaltou Hitman.

“Muito feliz em jogar em Brasília após dois anos. O jogo foi pegado, mas a gente conseguiu se impor no jogo corrido, e acredito que os nossos erros foram os turnovers“, analisou Florêncio, autor de 12 pontos da partida.

Mais de 2,5 mil pessoas estiveram no Estádio Nacional Mané Garrincha na tarde deste sábado -Foto: Fernando Godoy/Agência EB
Mais de 2,5 mil pessoas estiveram no Estádio Nacional Mané Garrincha na tarde deste sábado -Foto: Fernando Godoy/Agência EB

Na próxima rodada, o Tubarões do Cerrado vai até Campo Grande/MS enfrentar o Campo Grande Predadores.

Confira algumas imagens do jogo:

Compartilhar