Siga Nossas Redes Sociais

Outros Esportes

Dupla de Brasília busca título do Rally dos Sertões

Escrito em

Mauro Guedes e Filipe Bianchini vivem uma expectativa especial para o Rally dos Sertões, que começa em Mogi Guaçu (SP) nesta sexta-feira (30) e passará pelo Distrito Federal cruzando o país por quase cinco mil quilômetros para terminar em Barreirinhas (MA) no dia 8 de novembro, na região dos Lençóis Maranhaneses.

Piloto e navegador, nascidos e criados em Brasília, formam uma das poucas duplas 100% brasilienses inscritas nesta edição do Sertões. A dupla, que compete pela equipe tricampeã X Rally Team, foi vice-campeã da categoria T1 Brasil entre os carros com o X Rally Ranger construído no país.

“O Sertões vem com várias mudanças e vamos ficar até mais isolados que o normal. Só que todos os protocolos que corretamente tanto a organização quanto a nossa equipe estamos adotando não devem interferir na nossa determinação pelo resultado final. Ano passado fomos muito bem e terminamos com o vice-campeonato na categoria. Agora temos atualizações no X Rally Ranger e o desempenho melhorou. Vamos continuar o nosso trabalho em busca de vencer o Sertões na nossa categoria”, apontou Mauro Guedes, já experiente no maior rali do país.

“Esta vai ser minha 14ª participação no rali, e nestes 14 anos eu nunca havia passado pela minha terra, e isso vai acontecer agora. É uma alegria muito grande passar por Brasília, embora eu não possa sair do acampamento e nem receber ninguém de fora. De qualquer maneira, fico feliz e orgulhoso por passar pela minha cidade como competidor”, disse.

O navegador Filipe Bianchini vai para seu 12º Sertões – o terceiro ao lado de Guedes -, e destaca que a ansiedade, mesmo com a experiência, não diminui. “Ainda mais agora passando por Brasília, cidade onde nasci, cresci, me formei e trabalho como advogado. É gratificante passar por lá como competidor, mas ao mesmo tempo fica aquele gostinho de ‘quero mais’ porque não podemos furar o isolamento. Mesmo assim, vai ser especial”, afirmou

Filipe só quer melhorar uma posição em relação ao resultado final do ano passado. “Ficamos em segundo na categoria, tendo liderado boa parte da prova. Então se subirmos só uma posição está ótimo”, brincou.

“Neste ano vamos para cima e buscar esse título. Temos condições para isso e para estar entre os cinco mais rápidos no geral. Tomamos todos os cuidados com isolamento e preparação física. Temos experiência, equipamento, o suporte de uma grande equipe; então vamos esperar coisas boas. De qualquer forma, o rali é imprevisível, e mesmo depois de tantos Sertões, a ansiedade continua a mesma, altíssima”, finalizou.

Guedes e Bianchini disputam a prova a bordo do X Rally Ranger construído pela equipe X Rally Team, tricampeã da prova no geral como equipe e dona de mais um título como construtora. O protótipo traz um motor V8 derivado do Ford Mustang e diversas melhorias em amortecedores e suspensão.

Continue Reading