Siga Nossas Redes Sociais

Futebol

Luziânia cede empate inacreditável ao Ceilândia no Abadião

Escrito em

Ceilândia e Luziânia empataram por 2×2 neste sábado (26) e seguiram firme na luta pelas primeiras posições do Campeonato Candango. Apesar do empate com gol sofrido no último minuto, o Luziânia segue invicto, firme na primeira posição e mantém o tabu de 14 anos sem derrota para o Ceilândia no estádio Abadião.

O Jogo
O Ceilândia marcou seu primeiro gol logo no começo da partida, aos oito minutos, quando Badhuga cabeceou para o fundo da rede após uma cobrança de falta bem efetuada por Kabrine.

O gol não abateu o Luziânia, que aproveitou o pouco volume de jogo da equipe da casa e ditou o ritmo do jogo. Aos 20 minutos, após lançamento de Dan, Rodriguinho usou o bico da chuteira para igualar o marcador.

Depois do empate, a partida ficou cadenciada, com chances para ambas as equipes e bastante tensão, mas não o suficiente desigualar o placar até o fim do primeiro tempo.

Jogo foi disputado na maioria do tempo. Luziânia e Ceilândia foram para os vestiários empatados em 1x1 - Foto: ceilandiaec.com.br

Jogo foi disputado na maioria do tempo. Luziânia e Ceilândia foram para os vestiários empatados em 1×1 – Foto: ceilandiaec.com.br

O segundo tempo começou parecido com a primeira etapa. Jogo parelho, com leve vantagem para o Ceilândia, que teve melhores chances nos primeiros minutos.

Mas devido à grande intensidade, o time da casa acabou cansando e cedendo muitos espaços ao Luziânia, que aproveitou e marcou o segundo gol com Thiago Mariano. Aos 31 minutos do segundo tempo, após belíssima cobrança de falta de Tatuí – que havia acabado de entrar em campo -, a bola foi na medida para o camisa 4 luzianiense cabecear e colocar na rede.

E parecia que vinha mais. A equipe visitante ficou próxima do terceiro gol durante os minutos finais. Tatuí entrou muito bem e ajudou bastante a equipe no segundo tempo. Mas quem marcou foi o Ceilândia em um lance imprevisível e inacreditável. Aos 46, Maninho tenta achar alguém na grande área do Ceilândia e chuta forte. A bola quica em frente ao gol e engana o goleiro Sucuri, passando pelo ombro do arqueiro e morrendo nas redes, empatando o jogo.

Veterano Maninho comemora primeiro gol com a camisa do Ceilândia em 2016 - Foto: ceilandiaec.com.br

Veterano Maninho comemora primeiro gol com a camisa do Ceilândia em 2016 – Foto: ceilandiaec.com.br

Com o empate, o Ceilândia chegou aos 18 pontos e manteve a terceira posição, com a mesma pontuação do Brasiliense, já garantido entre os quatro primeiros da competição. O último jogo da fase inicial será contra o Formosa no próximo sábado (02), às 16h no estádio Abadião. Já o Luziânia fecha a tabela de classificação diante do Cruzeiro, no estádio Serra do Lago.

CAMPEONATO BRASILIENSE – 10ª RODADA
CEILÂNDIA 1-2 LUZIÂNIA 

Público: 399 pagantes
Renda: R$ 1.812,00
CARTÕES AMARELOS: 
Wallace, Mário Henrique, Sandro, Didão e Filipe Cirne (Ceilândia); Thiago Mariano, Jorge Luiz, Vitinho (Luziânia)

CEILÂNDIA
Leo, Dudu Lopes (Gotinha), Badhuga, Wallace, Mario Henrique, Sandro (Maninho), Didão, Kabrine (Romarinho), Allan Delon, Filipe Cirne e Chefe.
Técnico: Adelson de Almeida

LUZIÂNIA
Edmar Sucuri, Lesson Santos, Rodrigo Barros, Thiago Mariano e Willian Saroa; David, Allanzinho (Tatuí), Aldo e Rodriguinho (Jorge Luiz); Daniel e Dan (Vitinho).
Técnico: Ricardo Antônio

Continue Reading
Clique para deixar seu comentário

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *