Siga Nossas Redes Sociais

Basquete

No primeiro dérbi da história do basquete brasiliense no NBB, melhor para o Cerrado

Escrito em

Cerrado Basquete e Brasília Basquete escreveram, nesta quarta-feira (06), a maior página da história do basquete brasiliense, quando as duas equipes se enfrentaram pela primeira vez em uma competição nacional. Desta vez, o verdão candango saiu-se melhor, ao vencer por 97×85.

O Cerrado Basquete começou o jogo de maneira implacável. Comandado por Sérgio, com seis pontos nos três primeiros minutos, o verdão candango abriu 10×0 no placar, obrigando o auxiliar técnico do Brasília Basquete, Michael Swioklo, a parar o jogo. Com seis minutos, Sammy Yeager anotou os primeiros pontos do Brasília, que esboçou um início de reação. O primeiro quarto terminou favorável ao Cerrado: 20×14.

No início do segundo quarto, as duas equipes brigavam ponto a ponto pela liderança. O jogo estava tão intenso que, nos três primeiros minutos, nenhum erro foi anotado, pois todas as cestas e faltas eram convertidas com sucesso.

Na metade do período, o Cerrado chegou a abrir 12 pontos de vantagem (35×26), fazendo com que o auxiliar técnico do Brasília pedisse tempo novamente para tentar consertar os erros. Deu certo, pois a vantagem caiu para apenas um dígito restando quatro minutos para o intervalo (39×30). E deu ainda mais certo quando, restando 20 segundos para o soar da sirene, com uma cesta de Eric Laster, o Brasília virou o placar para 42×41. E o próprio Eric, com 11 pontos no período, anotou mais dois e levou a equipe para a dianteira na saída para os vestiários: 44×41.

Na volta do intervalo, os dois times voltavam a disputar ponto a ponto pela dianteira. Mas JC Fuller chamou a responsabilidade e ajudou o Cerrado a abrir sete pontos na metade do período (58×51). Na reta final, restando dois minutos, o Brasília encostou no placar com pontos convertidos por Gabriel e deixou a vantagem em um ponto (60×59). Mas o Cerrado, com Henrique Coelho e Alex, retomou a diferença em sete pontos e fechou o terceiro quarto na frente por 69×62.

No quarto período, Crescenzi comandou o Cerrado, anotando oito pontos até a metade do quarto, e fazendo com que o verdão candango aumentasse a vantagem para dois dígitos (81×68). Caio Torres, do Brasília, levou a equipe a reduzir a vantagem para sete pontos na reta final do quarto, mas o Cerrado Basquete administrou o placar e confirmou a vitória por 97×85.

O cestinha da partida foi Henrique Coelho, do Cerrado, com 22 pontos. Sérgio, do Cerrado, anotou um duplo duplo, ao marcar 11 pontos e obter dez rebotes. O maior pontuador do Brasília foi Sammy Yeager, com 21 pontos.

Na próxima rodada, o Cerrado Basquete enfrenta o Campo Mourão. Já o Brasília Basquete encara o Mogi das Cruzes. Os dois jogos acontecem na próxima sexta-feira (08), no ginásio Wlamir Marques, em São Paulo.

Rener Lopes é jornalista formado pela Universidade Católica de Brasília (UCB); Atua na mídia esportiva desde 2006. Já teve passagens pelas rádios Paranoá FM, Comunidade FM do Gama, Transamérica FM Brasília, Bandeirantes AM Brasília e Ativa FM Brasília. Tem no currículo três olimpíadas (Atenas 2004, Londres 2012 e Rio 2016), duas Copas do Mundo (Brasil 2014 e 2019) e uma Copa América (Brasil 2019).

Continue Reading
P