O Cerrado Basquete contará com cinco reforços para este ano. Em dezembro, o time fez uma seletiva para novos jogadores, visando a disputa da Liga Ouro 2019.

O ala/pivô Victor Bosch, o ala/armador Lucas Bruno e os alas Gabriel Almeida, Vitor Kuster e John – todos entre 18 e 20 anos – foram selecionados em uma peneira com mais de 35 participantes.

Lucas veio de Pindamonhangaba-SP para tentar uma vaga no time que irá disputar a segunda divisão do nacional. “Eu vim de longe e, para mim, foi suado. Não foi fácil. Estou treinando muito e, daqui pra frente, é só melhorar. Nunca tive essa experiência de jogar com americano, com atletas que passaram pela Liga Ouro. Então, tudo agrega pra mim e vou buscar o máximo possível para estar em quadra. O Cerrado se tornou uma família para mim”, contou.

Já Victor lembra que foi a segunda vez que tentou entrar para o grupo. “Tentei uma seletiva em ano passado e não consegui, mas me dediquei muito e, agora, consegui entrar. Vamos em busca dos resultados”, explicou.

Com treinos diários, em dois períodos, o time se prepara para a estreia na Liga Ouro em fevereiro. Ronaldo Pacheco, técnico do Cerrado, conta como estão os preparativos: “Os jogadores estão muito envolvidos no treinamento, estão seguindo à risca a programação. O ritmo da equipe está muito puxado, mas é necessário pra essa fase. O ambiente está muito bom, os jogadores vêm se dedicando bastante, e isso cria expectativas positivas pra nossa participação na Liga Ouro”.

O Cerrado Basquete estreia na Liga Ouro 2019 no dia 16 de fevereiro, às 18h, contra o Rio Claro-SP, no Ginásio da Iesplan.

Compartilhar