Siga Nossas Redes Sociais

Basquete

Em dia de rodada no NBB, basquete brasiliense perde os dois jogos

Escrito em

Ronald

Duas semanas após os últimos, os dois representantes da capital, Cerrado e Brasília Basquete, entraram em quadra. Porém, apesar da nova rodada, a derrota continuou perseguindo as duas equipes. Enquanto o primeiro caiu frente ao Minas, o segundo foi superado pelo Pato Basquete. Assim, os brasilienses seguem nas três posições finais.

Pato passeia no primeiro tempo…

O quarto inicial começou bom para as duas equipes. Tanto que o placar ficou bem parelho, mas para o lado dos paranaenses. O 22×18 mantinha as esperanças dos brasilienses. O aproveitamento maior nos arremessos (45%, contra 38%) favoreceram o Pato Basquete.

O segundo quarto veio para estraçalhar qualquer possibilidade de reação do Brasília. Thornton carregou a equipe nas costas e destruiu o marcador. Para se ter uma noção, só o estadunidense anotou mais pontos que o time inteiro da capital. Nos 25×10, ele adicionou onze unidades. Final de tempo 47×28, dezenove pontos e somente uma milagrosa parte final para mudar o destino do jogo.

…e administra no segundo

Mesmo com a vitória, o Pato não deixou de atacar. No terceiro quarto, três jogados chegaram à marca de sete pontos, sendo um deles Thornton, e a equipe chegou aos 31 pontos. O Brasília não ficou muito atrás, mas foi o suficiente. Foram 27, quatro a menos, porém, o prejuízo chegou a 23.

O Brasília venceu o último quarto, por um ponto, mas a derrota já estava decretada. Detalhe para os 51% de aproveitamento da equipe da capital no período.

Com a derrota, o Brasília Basquete continua na lanterna do NBB, com duas vitórias apenas. A próxima tentativa será amanhã, às 17h, contra o Minas.

Cerrado também tem períodos ruins e também sai derrotado

O adversário não era nada fácil. Era simplesmente o Minas, líder isolado do campeonato. Porém, o esquadrão verde tentou muito, mas não conseguiu superar os adversários. O terceiro quarto pesou e a equipe, mesmo vencendo o último, não passou à frente.

O primeiro quarto foi muito disputado. A dois minutos do fim, o empate ainda estava presente no placar. Porém, os mineiros se sobressaíram, descolaram e fecharam em 27×20. O equilíbrio também marcou o segundo período. A diferença ficou em dois pontos, 21×19.

Dessa maneira, o Cerrado chegou ao segundo tempo com muita dificuldade, nove pontos atrás no placar.

Terceiro quarto desequilibra e decreta a derrota

O terceiro período foi diferente de tudo o que já tinha acontecido até aqui. O Minas soube neutralizar o Cerrado e colocou doze pontos de diferença. O 23×11 dificultou qualquer reação dos brasilienses e, praticamente, fechou as possibilidades de vitória na noite de hoje.

Bem que o Cerrado trouxe o último quarto para casa, mas nada que mudasse o resultado do confronto. Pelo menos, fica o registro da vitória por 30×22, em um grande jogo coletivo da equipe, que marcou 51% de aproveitamento dos pontos tentados.

O próximo jogo do Cerrado será contra o Campos Mourão, amanhã, ás 14h.

Gabriel Lima é jornalista e editor executivo da Esportes Brasília. Já cobriu uma Copa do Mundo da FIFA (2019).

Continue Reading