Siga Nossas Redes Sociais

Futebol

No sufoco, Brasiliense empata com Goianésia e avança para a sequência da Série D

Escrito em

Foto: Vinicius Schmidt/Metrópoles.com

Pela última rodada da primeira fase da série D do brasileiro, pelo grupo A5, o Goianésia/GO recebeu o Brasiliense Futebol Clube no estádio Valdeir de Oliveira, em Goianésia, no interior goiano. A partida terminou empatada em 1 a 1.

Com o resultado o Brasiliense ficou na quarta posição do grupo A5 da série D e enfrentará a Ferroviária/SP na próxima fase da série D.

O JOGO
No primeiro minuto de jogo uma falta para o Goianésia. Renato cobrou e Allef tentou de bicicleta e a bola foi para a linha de fundo. Aos 4 minutos Rafael Soares chutou de longe e fez 1 a 0 Goianésia.
O Brasiliense chegou pela esquerda aos 13 minutos e Tobinha finalizou para fora. O Goianésia respondeu aos 14 minutos com chute de Thiago Rubim e a bola foi para fora.

Em seguida, bola levantada na área do Brasiliense e Renato finalizou para grande defesa de Edmar Sucuri para escanteio. O time goiano fez uma blitz na defesa do Brasiliense. Aos 16 minutos Ferrugem saiu lesionado no Brasiliense. Entrou o Sandy em seu lugar. Aos 29 minutos uma falta para o Brasiliense. Bola levantada na área do Goianésia e a zaga goiana mandou para escanteio.

Aos 38 minutos Zé Love botou a bola na rede do Goianésia, mas a arbitragem marcou impedimento. Aos 41 minutos Peu cobrou falta para o Brasiliense e a bola sobrou para Aldo que finalizou para fora. Aos 45 minutos fez fila na defesa do Goianésia e chutou para fora. Aos 47 minutos uma blitz do Brasiliense em busca do gol do empate e a zaga do Goianésia conseguiu salvar.

No segundo tempo logo aos 4 minutos, na falha do goleiro Luan, do Goianésia e Tobinha finalizou para fora. O Brasiliense mandava no jogo e aos 7 minutos Luquinhas deu o passe para Tobinhas, que de perna direita mandou para o fundo do gol do Goianésia. Era o gol de empate do Brasiliense. Aos 13 minutos Peu cobrou falta e o goleiro Luan mandou para escanteio. Aos 14 minutos Peu cobrou escanteio para o Brasiliense e a zaga salvou.

Aos 24 minutos uma falta para o Brasiliense. Zé Love cobrou e o goleiro Luan mandou para escanteio. Aos 28 minutos escanteio para o Goianésia e a zaga do Brasiliense salvou. No contra-ataque do Brasiliense, Zé Love tentou lançar Luquinhas e a zaga do Goianésia salvou. Aos 43 minutos Luquinhas lançou Zé Love que finalizou para fora.

Aos 44 minutos chance de ouro do Goianésia. João Celeri chutou e Edmar Sucuri fez grande defesa. Aos 47 minutos João Celeri avançou pela esquerda e foi derrubado a um passo da área do Brasiliense. Na cobrança de falta a zaga do Brasiliense salvou. O jogo foi movimentado até o final e terminou empatado em 1 a 1, com o Brasiliense se classificando e o Goianésia se despedindo da série D do brasileiro.

PRÓXIMAS PARTIDAS
O Brasiliense enfrentará o Ferroviária/SP na próxima fase da série D do brasileiro.

CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE D – 1ª FASE – 14ª RODADA
GOIANÉSIA 1-1 BRASILIENSE
04.09.21 – ESTÁDIO WALDEIR JOSÉ DE OLIVEIRA – GOIANÉSIA/GO

Arbitragem: Adriano de Assis Miranda/SP. Assistentes: Cristhian Passos Sorence e Édson Souza, ambos de Goiás. Quarto árbitro: Gabriel Queiroz/SP

Cartões amarelos:
Marcos Paulo, Igor, Luizão Silva, Renato, Alemão (Goianésia)
Badhuga, Gustavo Henrique, Jorge Henrique (Brasiliense)

GOIANÉSIA/GO
Luan; Ygor (Alemão), Tiburcio (Wellington), Allef e Anderson Sobral (Brumati); Renato, Kallyl, Zizu e Rafael Soares; Thiago Rubim (João Lucas) e Marcos Paulo (João Celeri)
Técnico: Ariel Mamede

BRASILIENSE/DF
Edmar Sucuri; Ferrugem (Sandy), Badhuga, Gustavo Henrique e Peu; Aldo, Wagner Balotelli e Zotti (Didira); Tobinha (Jorge Henrique), Maicon Assis (Luquinhas) e Zé Love
Técnico: Luan Carlos

Natural de Pelotas/RS, Sérgio Porto é jornalista com passagem pelas rádios Planalto AM, Clube AM, Nossa FM, Jovem Pan Brasil e DF10, parceira da Esportes Brasília. Também atua como repórter freelancer em diversas emissoras de rádio do país.

Continue Reading
P