Siga Nossas Redes Sociais

Futebol

Na tentativa de receber público, Flamengo quer jogo contra Defensa y Justicia em Brasília

Escrito em

Foto: Divulgação/CLDF

Após a CONMEBOL anunciar a liberação de torcedores nos jogos da Libertadores e da Sul-Americana, a diretoria do Flamengo já busca uma maneira de receber os fanáticos rubro-negros nas partidas. E, para isso, pretende disputar o segundo jogo das oitavas de final da Libertadores, contra o Defensa y Justicia, no estádio Nacional Mané Garrincha.

O impasse do clube carioca é com o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes. A direção do clube acredita que, após o registro de fraudes nos testes de covid-19 e aglomeração de torcedores e convidados no jogo entre Brasil e Argentina, na final da Conmebol Copa América 2021, a prefeitura negue a realização da partida com público no Maracanã. Para a partida, foi liberado 10% da capacidade total do estádio e mais de cinco mil torcedores estiveram presentes para assistir a disputa.

Segundo o GloboEsporte.com, em relação a final da Copa América, Paes declarou ter observado mais problemas do que imaginava. Com isso, caso mantenha o discurso, a direção do Flamengo tentará trazer o jogo para Brasília, onde acredita ter mais facilidade com o governo local.

Em outras ocasiões, Ibaneis Rocha, governador de Brasília, já se mostrou a favor de receber os torcedores no Mané Garrincha. Na Supercopa do Brasil, por exemplo, a expectativa do político era receber cerca de sete mil pessoas vacinadas na partida entre Flamengo e Palmeiras.

Continue Reading