Siga Nossas Redes Sociais

Copa América 2021

Chile vence Bolívia na Arena Pantanal e assume vice-liderança da Chave A

Escrito em

Chile vence Bolívia na Arena Pantanal e assume vice-liderança da Chave A

Pela segunda rodada do Grupo A da Copa América, Chile e Bolívia se encontraram na Arena Pantanal, em Cuiabá, nesta sexta-feira (18). Após o empate na primeira rodada contra a Argentina, os chilenos eram favoritos contra os bolivianos, que seguem tendo problemas com a escalação, devido aos contaminados pela Covid-19. Um exemplo disso é o atacante destaque da Bolívia, Marcelo Moreno, que acabou sendo afastado. Os chilenos aproveitaram para vencer por 1×0, com gol de Brereton, e lideram o grupo com quatro pontos.

Agora, o Chile fará uma grande disputa com o Uruguai na segunda-feira (21), às 18 horas, também na Arena Pantanal. Já a Bolívia jogará contra o Uruguai apenas na quarta rodada, já que estará de folga na terceira rodada.

Lampe brilha, mas começa perdendo

O quarto jogo de Martín Lasarte pela seleção chilena começou com muita bola no pé de seu time. Com muitas trocas de passes, o adversário não conseguia parar de correr para marcar.

Aos quatro minutos, a primeira chegada de perigo foi em jogada ensaiada no escanteio de Aránguiz para Meneses chutar ao gol e Lampe, do Always Ready, equipe boliviana na Libertadores, espalmar. A defesa conseguiu afastar na sequência.

Já aos nove minutos, Brereton, inglês naturalizado chileno, abriu o placar para a seleção bi-campeã da Copa América em boa jogada de Eduardo Vargas, logo após a Bolívia tentar o primeiro ataque.

Em seguida, aos 14 minutos, Brereton tentou fazer o segundo de cabeça, mas Lampe mais uma vez salvou a Bolívia, o destaque da sua seleção, por fazer diversas defesas na primeira etapa. Por volta dos 20 minutos, os bolivianos até começaram a ficar um pouco mais com a bola, mas sem incomodar Claudio Bravo.

Só aos 25 minutos, a Bolívia finalizou pela primeira vez, quando Arce chutou de longe, mas muito mal. Mas aos 29 minutos, Fernández teve uma chance inacreditável no meio da grande área. Sozinho, finalizou mal demais e a bola saiu sem direção.

Bolívia tenta arriscar

A seleção comandada por Farías já chegou com perigo no primeiro minuto da segunda etapa, com Saavedra chutando de longe para Bravo encaixar sem problemas. Já aos 10 minutos, Bravo fez uma excelente defesa em chute forte de Saavedra mais uma vez.

Os bolivianos apostavam em jogadas laterais com cruzamento para área, mas faltava a qualidade de Marcelo Moreno para botar a bola dentro do gol. A melhor chance dos chilenos foi com Mena cabeceando fraco aos 30 minutos, para mais uma defesa de Lampe.

Aos 34 minutos, quase que Bejarano faz o gol de empate, mas a bola desviou na defesa chilena e foi pra fora, levando muito perigo. A partir daí, coube ao Chile apenas aproveitar, controlar a marcação e confirmar a vitória por 1×0.

COPA AMÉRICA – PRIMEIRA FASE – 2ª RODADA
CHILE 1-0 BOLÍVIA
18.06.21 – Arena Pantanal – Cuiabá-MT

Arbitragem: Jesús Gil Manzano (ESP).
Assistente 1: Diego Barbero (ESP)
Assistente 2: Angel Nevado (ESP).
4º árbitro: Andres Rojas (ESP).

Cartões Amarelos:
Diego Bejarano e Ramiro Vaca (Bolívia)
Maripán (Chile).

Chile
Bravo, Isla, Medel, Maripán e Mena; Pulgar, Vidal (Alarcon) e Charles Aránguiz; Meneses (Pinares), Brereton (Pablo Aránguiz) e Eduardo Vargas.
Treinador: Martín Lasarte

Bolívia
Lampe, Diego Bejarano, Quinteros, Jusino e Roberto Fernández; Leonel Justiniano (Danny Bejarano), Juan Arce, Saavedra (Flores) e Ramiro Vaca (Villarroel); Chura (Rodrigo Ramallo) e Gilbert Álvarez.
Treinador: César Farías

Continue Reading