Siga Nossas Redes Sociais

Futebol

Com apenas sete jogadores em campo e 11 minutos de jogo, Brazlândia perde para o Samambaia

Escrito em

Foto: Rener Lopes/Agência EB

O que você faz em 11 minutos? Jogar futebol. Foi o que Samambaia e Brazlândia fizeram na manhã deste domingo (31), no estádio Rorizão, em Samambaia. Isso porque a Garça candanga entrou em campo com apenas sete jogadores (seis na linha e o goleiro).

Arrasador, o Samambaia abriu o placar com apenas 34 segundos de jogo. Após cruzamento pela direita, a defesa do Brazlândia tenta afastar e Wisman finaliza pro gol, anotando o primeiro da Cobra Cipó.

Sem reação, o Brazlândia nem demorou muito para tomar o segundo. Com três minutos, o lateral direito Joãozinho carrega a bola pela direita, invade a área e bate cruzado, sem chance de defesa. Era o segundo do Samambaia.

Já aos quatro minutos, após inversão de jogada pela direita, Vini recebe o passe pela esquerda e bate pro gol, vencendo o goleiro do Brazlândia, e anotando o terceiro do Samambaia.

O Brazlândia, valente, ainda tentou o quanto pode. Aos quatro minutos, Deivisson sofre falta e fica caído tentando se recuperar. A partida fica paralisada por três minutos e recomeça. Mas aos nove, com muitas dores, Deivisson cai novamente. O árbitro aguarda mais dois minutos e suspende a partida aos 11’30 do primeiro tempo.

Pela regra, a arbitragem aguardou mais 30 minutos para confirmar o resultado de 3×0 para o Samambaia por conta do número insuficiente de atletas em campo.

Na próxima rodada, o Brazlândia visita o Legião. Já o Samambaia está de folga.

CANDANGÃO SÉRIE B – 1ª FASE – 1ª RODADA
BRAZLÂNDIA 0-3 SAMAMBAIA
31.07.22 – ESTÁDIO RORIZÃO – SAMAMBAIA/DF

Brazlândia (por ordem numérica)
Adler, Carlos Gabriel, Carlos Henrique, Deivisson, Herbert, Vanderson e Willian.
Técnico: Luis Henrique

Samambaia
Luan; Joãozinho, Elder, Filipe e Vini; Clécio, Samuel Mendes, Wisman e Filipe Rodrigues; Lucas Victor e Michel Platini.
Técnico: Luis dos Reis

Rener Lopes é jornalista formado pela UCB. Atua na mídia esportiva desde 2006, com passagens por seis rádios, como narrador e setorista. Tem no currículo três olimpíadas (Atenas 2004, Londres 2012 e Rio 2016), duas Copas do Mundo, duas Copas América. Apresenta o Mais Brasil Esportes na Mais Brasil News FM.

Continue Reading
P