Siga Nossas Redes Sociais

Futebol

Brasiliense goleia Luziânia, atinge recorde histórico e está na final do Candangão 2021

Escrito em

Foto: Gustavo Moreno/Metropoles

05 de maio de 2021. Um dia histórico para o Brasiliense. O jacaré, com apenas 20 anos de existência, obteve o maior recorde de vitórias consecutivas de todas as disputas do Campeonato Brasiliense. O resultado positivo de 5×0 frente ao Luziânia foi o 13º seguido do time na temporada. O recorde anterior pertencia ao Brasília, que na temporada de 1978, venceu 12 jogos seguidos.

E para marcar esta data, nada como uma goleada, que além de ser a quarta vitória no quadrangular semifinal da competição, colocou o time comandado por Vilson Tadei – com duas rodadas de antecipação – na grande final do Candangão 2021.

A marca histórica começou a ser escrita aos 15 minutos, quando Tobinha é derrubado na grande área por Gustavo Melo. O árbitro Maguielson Lima marca penalidade máxima. Na cobrança, Peu colocou na esquerda do goleiro Matheus Lorenzo e abriu o placar para o jacaré.

Três minutos depois, a zaga do Luziânia apronta mais uma. Novamente Gustavo Melo sai mal pela direita, Tobinha rouba a bola, invade a grande área e é derrubado pelo goleiro luzianiense. Outro penalti marcado por Maguielson Lima. Na cobrança, Bruno Nunes vai no mesmo canto e desloca, pela segunda vez, Matheus Lorenzo. Era o segundo do Brasiliense.

Já aos 46 minutos, depois de uma bela invertida de jogada de Diogo, Peninha recebe a bola pela esquerda, Tobinha faz o corta-luz e a bola sobra para Lídio, de fora da área, soltar a bomba. O goleiro Matheus Lorenzo pratica uma defesa espetacular. Mas o que ele não esperava, era que Didira aparecesse livre na grande área. O camisa 19, sem deixar a bola cair, enche o pé e coloca no canto inferior direito do gol. O Brasiliense fazia três a zero.

Dois minutos depois, a defesa do Luziânia marca bobeira e Tobinha recebe um passe açucarado pelo meio de campo, carrega a bola, invade a grande área e tira do goleiro Matheus Lorenzo, empurrando para o fundo da rede. Um belo gol para fechar o primeiro tempo no estádio Serra do Lago em 4×0 para o Brasiliense.

No segundo tempo, aos 23, Zotti avança pela esquerda e cruza, na medida, para Jorge Henrique testar firme, sem chance de defesa, e anotar o quinto gol do Brasiliense, fechando a conta no estádio Serra do Lago.

Na próxima rodada, o Brasiliense visita o Ceilândia, no estádio Abadião. Já o Luziânia visita o Gama, no estádio Ciro Machado.

CAMPEONATO CANDANGO – 3ª FASE – 4ª RODADA
LUZIÂNIA 0-5 BRASILIENSE
05.05.21 – ESTÁDIO SERRA DO LAGO – LUZIÂNIA/GO

Árbitro: Maguielson Lima
Assistente 1: José Reinaldo
Assistente 2: Leila Moreira
Quarto Árbitro: Adriano Neri

Cartões Amarelos:
Matheus Lorenzo, Dadinho, Leo Torres e Índio (Luziânia)
Zotti e W. Balotelli (Brasiliense)

LUZIÂNIA
Matheus Lorenzo; Marquinhos, Gustavo (Rodrigo Menezes), Perivaldo e Goduxo; Dadinho, Robinho e Leo Torres (Klebinho); Matheus Rocha (Ferrugem), Jhonantan (Kelvin) e Romário (Índio)
Técnico: Ricardo Antônio

BRASILIENSE
Edmar Sucuri; Diogo, Keynan (Radamés), Badhuga e Mário Henrique; W. Balotelli, Lídio (Zotti), Peninha (Jorge Hnerique) e Didira; Tobinha (Rodrigo Fumaça) e Bruno Nunes (Michel Platini)
Técnico: Vilson Tadei

Rener Lopes é jornalista formado pela Universidade Católica de Brasília (UCB); Atua na mídia esportiva desde 2006. Já teve passagens pelas rádios Paranoá FM, Comunidade FM do Gama, Transamérica FM Brasília, Bandeirantes AM Brasília e Ativa FM Brasília. Tem no currículo três olimpíadas (Atenas 2004, Londres 2012 e Rio 2016), duas Copas do Mundo (Brasil 2014 e 2019) e uma Copa América (Brasil 2019).

Continue Reading