Siga Nossas Redes Sociais

Futsal

Real Brasília perde a quarta consecutiva na Liga Nacional e entra em crise

Escrito em

Foto: João Paulo Benini/Intelli Dracena

Nesta segunda-feira (21), o Real Brasília foi derrotado mais uma vez pelo Intelli Dracena por 3×1 na Liga Nacional de Futsal. A equipe candanga ainda não conseguiu vencer na competição, tendo empatado dois jogos e perdido nos outros quatro disputados.

Com a quarta derrota consecutiva, a classificação na primeira participação na LNF ficou distante, pois o clube está em penúltimo lugar no grupo A, com apenas dois pontos. Os cinco primeiros colocados nos três grupos passam, com a inclusão do melhor sexto lugar, para fechar os 16 classificados para as oitavas-de-final.

Equipe inicial bem diferente

Antes da partida começar, o quinteto inicial escolhido por Banana foi algo inédito, pois Bury, Luan, Matheus, Nino e Zói não tinham começado jogando juntos. Churrasco, um jogador muito importante para o jogo da equipe do Distrito Federal, está machucado e desfalcou a equipe no confronto. Luan Leite e Rafa, que costumam entrar como titulares, ficaram no banco de reservas por opção do treinador.

Empate construído em erros adversários

O Real Brasília teve uma postura no começo da partida diferente do que se viu nos outros jogos. Começou tendo a posse de bola e o goleiro Luan apareceu na quadra ofensiva para dar opção de passe.

Nos primeiros minutos, as duas equipes conseguiram se fechar bem e nenhum chute no gol foi dado até os cinco primeiros minutos. O Real Brasília foi muito esperto em passe ruim enfiado no meio de quadra e gerou contra-ataque veloz para abrir o placar com finalização de Matheus.

Na sequência, Velloso apareceu para jogar como goleiro linha e a jogada terminou com um chute muito perigoso no canto esquerdo do goleiro Luan, que foi para fora.

Com a intenção de dar intensidade ao time, o técnico paulista Bruno Silva trocou o quarteto da partida por volta dos oito minutos do primeiro tempo. Deu resultado, pois, na primeira chance, um chute forte foi em direção ao gol, mas o goleiro do time de Brasília defendeu. Só que na sequência, o Real Brasília tentou sair jogando, perdeu a posse de bola e Gu Cardozo, de bico, fez o gol de empate.

Logo em seguida, Anderson Zói chutou forte para a defesa de Velloso, após recuperação de bola da equipe visitante. Foi quando o time candango começou a aparecer mais na quadra ofensiva, sem conseguir uma chance muito clara para ficar a frente no placar. Com 15 minutos, a equipe fez a quinta falta e, logo em seguida, estourou o número de faltas, sofrendo o gol da virada feito por Felipe Reis. O Intelli Dracena foi para os vestiários vencendo por 2×1.

Goleiros se destacam

A situação acabou ficando pior no primeiro lance do segundo tempo, quando o goleiro Velloso achou espaço e fuzilou pro gol, que ainda teve o desvio de Vitinho, sem a menor chance para Luan.

Se já estava difícil a situação do Real Brasília, a coisa complicou mais ainda precisando fazer dois gols para empatar a partida. No lance seguinte, em carrinho de Gu Cardozo, a bola bateu na mão e gerou um pênalti para Luan Leite cobrar. Só que, Pedrinho, que entrou para tentar impedir o gol de pênalti, fez boa defesa na cobrança e conseguiu evitar o segundo tento dos candangos no confronto.

Aos dois minutos, Lucas Freitas torceu o tornozelo, obrigando Bruno Silva a mexer na equipe. Um minuto depois, Velloso fez a mesma jogada do terceiro gol e Vitinho quase fez mais um com a mesma jogada.

A partir dos seis minutos, o que se viu foi um show de defesas de Luan e Velloso. O goleiro do Real Brasília chegou a fazer duas ótimas defesas no mesmo ataque da equipe de Dracena. Com dez minutos, Leozin tomou um chute forte na cara e voltou para o banco de reservas após ser atendido pela equipe médica.

Com 12 minutos, a grande defesa da vez foi de Velloso, após contra-ataque muito rápido do Vitin com um chute forte. Foi a despedida do goleiro, que aceitou proposta de equipe do Cazaquistão e não termina a LNF pelo Intelli Tempersul.

Na sequência, uma falta desnecessária fez o Real Brasília – mais uma vez – ficar com o máximo de faltas feitas permitido. Aos 15 minutos, Banana colocou Luan Leite para atuar como goleiro linha buscando melhorar o ataque com mais um jogador no ataque. Zói quase diminuiu aos 17 minutos, mas Velloso fez ótima defesa. Sem conseguir levar tanto perigo com o goleiro linha, da mesma forma que o adversário fez no jogo, o Real Brasília foi derrotado mais uma vez na LNF.

Chance de vencer pela primeira vez na LNF

A primeira oportunidade de vitória para o Real Brasília na LNF pode acontecer no dia 29 de setembro, contra o Corinthians, às 20h15, no Ginásio Sesc Ceilândia. Contando com esta partida, o time candango terá mais cinco jogos para tentar se classificar para as oitavas-de-final.

Curiosamente, o Intelli Dracena também terá o Timão como próximo adversário, mas a partida será neste sábado (26), às 18h, no Ginásio Poliesportivo Wlamir Marques na capital paulista.

Ficha Técnica
Liga Nacional de Futsal – 9ª Rodada
Dracena Intelli Tempersul X Real Brasília
21/09/2020 – 17h – Ginásio Alaor Ferrari – Dracena (SP)
Árbitros: Henrique Ângelo da Silva e Alexandre Rodrigo Misael.

Cartões Amarelos: Bruno Silva e Gu Cardozo (Dracena); (Real Brasília).

Gols: 5’ Matheus, 8’ Gu Cardozo, 16’ Felipe Reis (1º Tempo); 0’ Vitinho (2º Tempo).

Dracena Intelli Tempersul
Quinteto inicial: Velloso, Felipe Reis, Lucas Freitas, Paulo Victor e Vitinho; Reservas: Bruno, Dario, Gu Cardozo, Joãozinho, Marcelo, Pedrinho, Sandrinho e Tatinho.
Treinador: Bruno Silva.

Real Brasília
Quinteto inicial: Luan, Bury, Anderson Zói, Matheus e Nino; Reservas: João Pedro, Leandro, Leozin, Luan Leite, Marlan Lagartixa, Matheus, Rafa, Victor Dias, Vitinho e Wilian.
Treinador: Banana.

Continue Reading