Siga Nossas Redes Sociais

Futebol

Gama perde pênalti no fim e acaba derrotado para o União Rondonópolis

Escrito em

Formosa x Gama

O Periquito bem que lutou, criou e até teve teve oportunidades, mas nada disso impediu a primeira derrota na série D. Com um pênalti perdido no último lance, a equipe viu o União Rondonópolis fazer 2×1 e roubar a terceira posição.

Quem não faz, leva

A partida começou a mil por hora. Querendo colar nos líderes do grupo, o Gama partiu para cima e quase abriu o placar no primeiro ataque do jogo. Germano cobrou escanteio e Wendel subiu mais que todo mundo para cabecear. Bem posicionado, Neneca fez grande defesa e segurou o zero no placar.

Logo na resposta dos donos da casa, a máxima do futebol atuou. Pikachu invadiu a área e foi derrubado por Gabiga. O árbitro assinalou pênalti para o União Rondonópolis. Odail Jr. deslocou Douglas para estudar as redes do Gama.

Com a desvantagem, Adailton Martins avançou um pouco mais o time para empatar ainda no primeiro tempo. Porém, quem teve uma boa chance de marcar foi Lucas Bahia, do time adversário. Aos 15 minutos, Michael chutou cruzado e o camisa 22 chutou para grande defesa de Douglas.

Após o susto, o Gama igualou o jogo e até chegou a empatar, mas o gol foi anulado. Wendel, que já tinha testado o goleiro Neneca, aproveitou cruzamento e marcou. Porém, o zagueiro estava impedido e o gol foi anulado.

Nunca em uma partida de futebol o ditado do “Quem não faz, leva” caiu tão bem. No minuto seguinte ao lance do Periquito, Michel puxou contra-ataque e cruzou para Ruan Bahia empurrar de letra e aumentar a vantagem do União.

Gama melhora, tem chances de marcar, mas para na trave

Assim como primeiro tempo, a equipe do DF foi para cima logo nos minutos iniciais. Dessa vez, a equipe teve êxito. Fernandinho invadiu a área, se chocou com Ruan Bahia e o árbitro assinalou pênalti. Hugo Almeida bateu bem e diminuiu a desvantagem, 2×1.

Dominando o jogo, o Gama não deixava o União Rondonópolis avançar, mas também não criava muito. Tanto que a primeira finalização dos donos da casa só veio aos 27 minutos.

Mas, também, o Periquito teve a primeira grande chance do empate apenas aos 36 minutos, quando Flávio cabeceou para grande defesa de Neneca. Já aos 46, Hugo Almeida chutou forte, no canto, para outra intervenção incrível do arqueiro adversário.

No minuto final de jogo, após cruzamento, Romarinho cabeceou e a bola bateu no braço de Tom. Sem dúvidas, Freddy marcou outra penalidade máxima para o Gama. Hugo Almeida, que já havia convertido um, foi para a cobrança. Porém, dessa vez, ele tirou demais do goleiro e acertou a trave.

O jogo acabou logo após o lance, que confirmou a derrota por 2×1 do Gama.

Agora, Adailton vai ter uma semana para aparar as arestas e voltar a vencer. O próximo jogo será no próximo sábado, 26, contra o Nova Mutum, no estádio Bezerrão, às 15h30.

FICHA TÉCNICA
CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE D 2021 – TERCEIRA RODADA
UNIÃO RONDONÓPOLIS 2×1 GAMA
ESTÁDIO LUTHERO LOPES – 20/06/2021- 15h30

Árbitro: Freddy Rafael Lopez Fernandez (AM)
Assistente 1: Gislan Antonio Garcia da Silva (MT)
Assistente 2: Adilson Rodrigo dos Santos (MT)
Quarto Árbitro: Alinor Silva da Paixao (MT)

Cartões amarelos: Carrilho (Gama) Odair Jr., Vinicius Matheus (União Rondonópolis)
Cartões Vermelhos: Não teve.

Gols: União Rondonópolis: Odail Jr., aos quatro, e Ruan Bahia, aos quarenta e dois minutos do segundo tempo.
Gama: Hugo Almeida, aos cinco minutos do segundo tempo.

UNIÃO RONDONÓPOLIS
Neneca; Odair Jr., Odail Jr., Warley Miro e Vinicius Matheus; Ruan Bahia (Índio), Peixinho (Luis Antônio) e Michel; Pikachu, Eltinho (Josué) e Lucas Bahia (Roberto Júnior)
Técnico: Odil Soares.

GAMA
Douglas; Gabriel (Pedro Henrique), Vinicius, Wendel e Carrilho (Elizeu); Gabiga, Felipe Menezes (Flávio), Germano e Elias (Fernandinho); Robertinho (Romarinho) e Hugo Almeida.
Técnico: Adailton Martins

Gabriel Lima é jornalista e editor executivo da Esportes Brasília. Já cobriu uma Copa do Mundo da FIFA (2019).

Continue Reading
P