Siga Nossas Redes Sociais

Basquete

Brasília Basquete sofre apagão no quarto período e perde na estreia do NBB 13

Escrito em

Foto: FotoJump/LNB

O Novo Basquete Brasil começou, neste sábado (14), para o Brasília Basquete, um dos representantes da capital federal na competição nacional. Jogando na bolha instalada no Ginásio Professor Hugo Ramos, em Mogi das Cruzes/SP, a equipe candanga deixou escapar a vitória no quarto período e acabou derrotada pelo Paulistano por 73×57.

O primeiro quarto foi de domínio do Brasília Basquete. Comandados por Diego, que anotou 12 dos 18 pontos tentados, a equipe candanga partiu pra cima do Paulistano, chegou a abrir nove pontos de vantagem e venceu o período por 22×15.

Já no segundo período, o Paulistano começou a esboçar uma reação, tirando a diferença para a casa de dois pontos na reta final do quarto. Destaque para Ruivo, que anotou 14 dos 16 pontos da equipe paulista nos dez minutos. O Paulistano venceu a parcial por 16×11 e as duas equipes foram para o vestiário com o Brasília vencendo por 33×31.

Na volta do intervalo, as duas equipes brigaram ponto a ponto pela liderança. Hora o Brasília, hora o Paulistano estava na dianteira do marcador. O destaque ficou por conta de Cauê, que fez sete pontos para o Paulistano. O terceiro período terminou favorável aos paulistas, que venciam por 51×48.

A partir dos 47 segundos finais do terceiro quarto, quando na ocasião, Nezinho anotou o 48º ponto do Brasília, o que se viu foi um apagão dos candangos. Enquanto o Paulistano desandava em acertar cestas de dois e três pontos, o Brasília simplesmente não pontuava. A equipe ficou exatos nove minutos e 14 segundos sem ver a redinha balançar. Coube a Marcelão movimentar o placar candango e anotar uma cesta de dois pontos.

Cauê e Ruivo anotaram, juntos, 15 pontos no período, o que foi suficiente para o Paulistano vencer o quarto por incríveis 22×9 e confirmar a vitória sobre o Brasília por 73×57.

O cestinha da partida foi Ruivo, do Paulistano, com 23 pontos. O maior pontuador candango foi Diego, com 15 pontos. Destaques para Maique, do Paulistano, com 12 rebotes, e Nezinho, do Brasília, com oito assistências.

“Nossa equipe demorou um pouco para começar a pré-temporada. Enquanto tivemos gás, a equipe fez um excelente basquete. Mas não é mágica. Precisaríamos de um seis, sete jogos, para entrar no ritmo de jogar contra um Paulistano. Não saio feliz, mas satisfeito, pois a equipe subiu um degrau do que a equipe estava se preparando”, ressaltou Nezinho, armador do Brasília.

Na próxima segunda-feira (16), o Brasília volta à quadra, diante do Bauru Basket. O jogo acontece em Mogi das Cruzes/SP, às 18h30.

Números do Jogo:

2 pts3 ptsLLsAssRebRecErros
Brasília13/33
39%
08/24
33%
07/09
77%
16310213
Paulistano14/38
36%
11/28
39%
12/14
85%
17460610

Rener Lopes é jornalista formado pela Universidade Católica de Brasília (UCB); Atua na mídia esportiva desde 2006. Já teve passagens pelas rádios Paranoá FM, Comunidade FM do Gama, Transamérica FM Brasília, Bandeirantes AM Brasília e Ativa FM Brasília. Tem no currículo três olimpíadas (Atenas 2004, Londres 2012 e Rio 2016), duas Copas do Mundo (Brasil 2014 e 2019) e uma Copa América (Brasil 2019).

Continue Reading