Após o fim da participação na Superliga Feminina 2016/2017, o Brasília Vôlei encerrou as atividades e retornará somente no segundo semestre, visando a disputa de mais uma competição nacional.

Agora, as atenções se voltam para a manutenção da equipe para a próxima temporada. No entanto, o clube não poderá contar com uma das jogadoras destaque da Superliga deste ano. A levantadora Macris, de 1,78m, deixou o elenco candango e assinou com o Camponesa/Minas Tênis Clube.

Macris levou o prêmio de melhor levantadora da Superliga Feminina e agora vestirá a camisa do Minas - Foto: Inovafoto/CBV
Macris levou o prêmio de melhor levantadora da Superliga Feminina e agora vestirá a camisa do Minas – Foto: Inovafoto/CBV

Macris, que foi eleita a melhor levantadora da competição, já assinou com o clube mineiro e está em Belo Horizonte/MG. “É uma satisfação enorme representar o Minas! Acredito que será uma temporada de muito crescimento e de resultados positivos para a equipe, com muita dedicação e empenho. Estou empolgada para conhecer a animada e fiel torcida do Minas, agora, por uma nova ótica. Já deixo o agradecimento pelo acolhimento e carinho que sempre recebi em Belo Horizonte”, comentou.

Nas redes sociais, ainda não foram confirmadas novas contratações para o time, mas especula-se que outras jogadoras deixem o elenco do Brasília Vôlei. Segundo o site Melhor do Vôlei, não jogariam mais com a camisa do time candango as atletas Larissa e Fernanda (para o Fluminense), Amanda (sem destino definido) e Vivian (para o SESC/Rio de Janeiro). Contudo, a assessoria de imprensa do time ainda não confirma tais mudanças.

Compartilhar