Siga Nossas Redes Sociais

Vôlei

Com um time sólido, Brasília derrota o São Caetano e vence a segunda seguida na competição

Escrito em

Patricy Albuquerque

Fotos: Patricy Albuquerque/Brasília Vôlei

Na noite desta terça-feira, 15, o Brasília Vôlei entrou em quadra após conquistar sua primeira vitória na Superliga feminina, ao derrotar a equipe de Osasco no último sábado, no José Liberati. O adversário da vez foi a equipe do São Caetano, em partida válida pela quarta rodada do turno, que havia sido adiada devido ao surto de Covid na equipe da capital federal.

Jogando no ginásio do Sesi, de Taguatinga, a equipe comandada pelo treinador Rogério Portela emplacou a segunda vitória consecutiva, desta vez, vencendo equipe do abc paulista por três sets a um, com parciais de 20×25, 25×17, 25×23 e 25×17.

Patricy Albuquerque
A líbero Vitória foi eleita a melhor em quadra e ficou com o troféu Viva Vôlei

O JOGO

O primeiro set começou bem equilibrado, com a equipe paulista abrindo 8×5 após um erro de ataque de Neneca. Após dois erros de recepção do time de Brasília, o São Caetano abriu 11×6. A equipe do abc continuou melhor e mais consistente, principalmente no ataque, e conseguiu uma vantagem de 20×12 na parcial. Com o set controlado, as paulistas venceram por 25×20 e abriram um set a zero na partida.

Na segunda parcial, o Brasília começou com uma alteração em relação a equipe que iniciou a partida. Foi uma troca de opostas, em que Sara entrou no lugar de Ariane. O set começou com as duas equipes trocando pontos, sem que alguma abrisse vantagem, até o 11×9 com o ponto de bloqueio da Edna. No meio do set, Ariane voltou no lugar da Sara, após a segunda sentir uma lesão no joelho esquerdo, quando o placar apontava 13×10 para o Brasília. Após uma sequência de bons saques da Ariane a vantagem aumentou para 19×11 e encaminhou a vitória do Brasília no set por 25x 17 e empatar a partida em um set a um.

No terceiro set, o time do São Caetano abriu uma pequena vantagem em 3×1, após um erro de ataque de Ariane e um ponto de bloqueio. Porém, o Brasília empatou logo em seguida em 3/3 com um contra-ataque aproveitado por Ariane. O time da casa seguiu pontuando e abriu 11×8 após um ponto de ataque de Ariane. Após um bloqueio bem sucedido, o Brasília abriu 16×11. As meninas do ABC diminuíram a diferença em 17×15, obrigando o técnico Rogério Portela a pedir tempo.

E deu muito certo. O time do Brasília voltou mais ligado e voltou a abrir vantagem em 20×15, após um ponto de bloqueio. O São Caetano contou com uma sequência de erros da equipe brasiliense para empatar o set em 21×21. E, superior, fechou a etapa por 25×23, após o árbitro marcar um erro no rodízio da equipe de São Caetano e virou a partida em dois sets a um.

Essa foi a segunda vitória seguida do representante do DF na Liga Nacional

No último momento da partida, o São Caetano começou abrindo 3×0, após três erros da equipe de Brasília. Porém, o time da casa conseguiu uma recuperação ainda no início do set e virou a parcial em 8×7 e continuou pontuando, abrindo 13×9 após um ponto da levantadora Ju Carrijo na bola de segunda.

Após pontos de ataque e saque de Neneca, o Brasília abriu 18×12. Com uma vantagem considerável no set, o time comandado pelo Rogério Portela não teve dificuldades para vencer a parcial por 25×17 e vencer a partida por três sets a um.

O Brasília Vôlei volta à quadra na próxima sexta-feira, 18, contra a equipe do Sesi/Bauru, no ginásio do Sesi de Taguatinga norte ás 16h.

Ana Paula Freire é formada em jornalismo pela Universidade Católica de Brasília e tem na bagagem a cobertura dos Jogos Olímpicos de Londres 2012.

Continue Reading