Siga Nossas Redes Sociais

Vôlei

Brasília Vôlei perde mais uma e continua sem saber o que é vencer na Superliga Feminina de Vôlei

Escrito em

Foto: Patricy Albuquerque/ Esportes Brasília

Foto: Patricy Albuquerque/ Esportes Brasília

Na noite desta terça-feira, 17, o Brasília Vôlei fez sua estreia em casa, no ginásio do Sesi de Taguá norte, pela Superliga feminina 2020/21. Após duas derrotas nas primeiras rodadas, contra Flamengo e Praia Clube fora de casa, a equipe do Distrito Federal recebeu o São José dos Pinhais e continua sem saber o que é vitória. As donas da casa perderam por três sets a um (25×17, 20×25, 24×26 e 17×25) em 1h30min.A jogadora Taina foi eleita a melhor em quadra e recebeu o troféu Viva Vôlei.

A equipe do Brasília sofreu desfalques de última hora para a partida de hoje. As centrais Aline e Edna, assim como o treinador Rogério Portela e o assistente técnico Aguinaldo testaram positivo para Covid 19 e estão em quarentena.

O JOGO

No primeiro set, a equipe de São José abriu 3×1 após um erro de ataque da oposta Ariane. O Brasília passou a frente em 7×5 após dois erros da equipe de adversária e um ponto de ataque da mesma jogadora. O time de Brasília contou boas atuações do bloqueio e da defesa, aliados com muitos erros das paranaenses para abrir 20×14 na parcial. Com uma vantagem considerável, a equipe, hoje comandada por Fernando Alves, fechou a primeira parcial com certa tranquilidade, por 25×17, após um ponto de bloqueio da Ariane, em 22min para abrir um set a zero na partida.

No segundo set, as brasilienses começaram se impondo e abriram 6×3, após um bom rally finalizado com um ponto da central Geovanna. A diferença se manteve igual após um bonito ponto de bloqueio da Vivi Goes, em 11×8. Todas a vezes que a equipe de São José ensaiava uma reação, diminuindo a vantagem para um ponto, Brasília fechava a porta e voltava a abrir. Foi assim durante boa parte do set, até que veio o empate em 16×16 após um ponto de bloqueio.

Depois de uma confusão em relação a marcação dos árbitros sobre um possível toque na rede, o time visitante abriu 21×19 e encaminhou a vitória no set, que viria por 25×20 em 22min e empatou a partida em um set a um.

Na última parte do jogo, o São José começou vencendo por 2×0, após o treinador do Brasília, Fernando Alves, receber cartão vermelho por reclamação. O Brasília saiu totalmente da partida, desandou a errar ataques e viu São José abrir 9×1 no começo do set. As donas da casa ainda diminuíram a diferença em três pontos, quando chegou em 8×11, porém se desestabilizou na recepção e viu o São José abriu 15×8.

As brasilienses ainda diminuíram a diferença para 18×20, após um ponto de ataque da Ariane e chegou ao empate, em 21, depois de um ponto de bloqueio da Paula e virou para 22×21 após um erro de ataque da equipe de São José. O Brasília perdeu o set por 26×24, em 29min, após um erro de ataque da Neneca e viu São José virar a partida em dois sets a um.

No quarto set, o São José abriu 3×1, após um erro de ataque da Ariane, mas o Brasília empatou em 3×3, após um ponto de bloqueio. Mas voltou atrás do placar em quatro pontos, após uma boa passagem no saque da oposta Letícia Bonardi. As donas do ginásio continuaram muito inconstantes na recepção e a as adversárias aproveitaram para abrir a vantagem em 13×6.

A equipe paranaense aproveitou a instabilidade emocional da equipe de Brasília a partir do segundo set e, com os erros de arbitragem, para fechar o quarto set por 25×17, em 17min, e vencer a partida por três sets a um.

Na próxima rodada, o Brasília Vôlei recebe a equipe do São Cristóvão/São Caetano. O jogo acontece no próximo sábado, 21, às 17h no ginásio do Sesi de Taguatinga Norte.

Ana Paula Freire é formada em jornalismo pela Universidade Católica de Brasília e tem na bagagem a cobertura dos Jogos Olímpicos de Londres 2012.

Continue Reading