Brasília Vôlei e Vôlei Osasco jogaram na noite desta terça-feira (30), na primeira partida na capital federal em 2018. Com o domínio amplo do time paulista e comandadas por Tandara e Fabíola, as visitantes venceram por 3 sets a 0 (25×20, 25×12 e 25×17), em 1h08 de jogo. A líbero Tássia, do Vôlei Osasco, foi eleita a melhor em quadra e levou o troféu Viva Vôlei.

O jogo
O primeiro set foi bem disputado. O time osasquense mostrava domínio em quadra, mas a equipe brasiliense não deixava a distância aumentar muito. Tanto que, o Brasília Vôlei chegou a encostar no placar, perdendo por 9×8.

Depois disso, o Vôlei Osasco abriu distância e obrigou Inácio Junior, que substitui temporariamente a Sérgio Negrão, a pedir o primeiro tempo técnico com o Brasília Vôlei perdendo por quatro pontos de diferença (13×9).

O Brasília Vôlei não se recuperou e o técnico candango parou novamente a partida com 18×13 no placar. Aline ainda conseguiu fazer vários bloqueios, sendo um deles, parando a atacante Tandara, obrigando Luizomar de Moura a pedir tempo quando o time paulista vencia por 24×20. De nada adiantou. O Vôlei Osasco fechou o primeiro set em 25×20, em 25 minutos.

Primeiro set foi o mais disputado da partida. Vitória do Osasco por 25x20 - Foto: Carlos Teixeira/Agência EB
Primeiro set foi o mais disputado da partida. Vitória do Osasco por 25×20 – Foto: Carlos Teixeira/Agência EB

No início do segundo set, Fabíola converteu seis pontos direto, fazendo 6×0. No quarto ponto, o técnico Inácio Junior parou o jogo. Mas, de nada adiantou. O time candango parou o jogo novamente com 10×1 no marcador. Mari Helen começou a esboçar uma resposta, marcando três pontos em seguida e tirando a vantagem paulista por 12×6.

A equipe comandada por Luizomar de Moura continuou dominando as ações e apenas controlou o jogo para vencer por 25×12, em 20 minutos.

Com um início de terceiro set apático, assim como a maioria do segundo set, o Brasília Vôlei não conseguia reagir em quadra. Com 8×2, o técnico candango parou o jogo. Mesmo assim, reação não acontecia.

No meio do terceiro set, o Brasília Vôlei começou a esboçar uma reação com Aline. No entanto, não deu certo - Foto: Carlos Teixeira/Agência EB
No meio do terceiro set, o Brasília Vôlei começou a esboçar uma reação com Aline. No entanto, não deu certo – Foto: Carlos Teixeira/Agência EB

Com Tandara atropelando nos ataques, o Vôlei Nestlé controlava o jogo. O Brasília Vôlei até tentou reagir com Mari Helen e Aline. Mesmo contando com os erros do adversário, o Vôlei Osasco dominou o jogo e confirmou a vitória por 25×17, em 23 minutos, e fechou o jogo em três sets a 0.

Compartilhar