Na noite deste sexta (3), o Brasília Vôlei entrou em quadra para enfrentar a equipe do Camponesa/Minas no ginásio do SESI de Taguatinga Norte. Depois de perder para o Praia Clube em casa, a equipe do Distrito Federal não conseguiu fazer frente para uma das favoritas ao titulo e perdeu a partida por três sets a zero, com parciais de 15×25, 15×25 e 21×25, em 1h16min. A levantadora Macris foi eleita a melhor da partida e ficou com o Viva Volei. Com o resultado, o Brasília caiu para a oitava posição, com quatro pontos em cinco rodadas.

O jogo
No primeiro set, o time de Brasília emplacou dois bons contra-ataques e abriu 4×2 no inicio do jogo. A equipe mineira empatou a parcial e abriu três pontos de vantagem em 8×11, depois de uma boa sequencia de bloqueios. A jovem equipe candanga chegou a ensaiar uma reação cortando a diferença para dois pontos em 12×14, mas as mineiras logo fecharam a porta para qualquer reação e abriram 12×17. Com o set tranquilo, o Minas administrou o set para vencer a parcial por 25×15, em 22min, e abrir um set a zero no jogo.

Na segunda parcial, o Minas já começou se impondo e abrindo 1×4 no placar. Depois de uma boa sequencia de saques da jovem Malu, o Brasília virou para 7×5. Em um lance na rede envolvendo Pri Daroit, do Minas, e Aline, do Brasília, quase sobrou para a jogadora da equipe mineira. Porém, ela seguiu normalmente no jogo. Depois do susto, o time visitante abriu 13×17 e, com uma boa vantagem e uma equipe mais experiente, as visitantes fecharam o set por 25×15, em 23min, e abriram dois sets a zero na partida.

No terceiro set, a história se repetiu e o Minas começou abrindo 5×1, logo no inicio do set. Com uma equipe do Brasília apática e, por muitas vezes, desatenta, a equipe do treinador italiano Stefano Lavarini não teve dificuldades para administrar o set com tranquilidade. Contando com vários erros da equipe de Brasília, as mineiras fecharam a parcial por 25×21, em 30min, e venceram a partida por três sets a zero.

O Brasília Vôlei volta às quadras na próxima sexta-feira (10), no Ginásio José Liberatti, em Osasco/SP, diante do Vôlei Nestlê.

Compartilhar