Siga Nossas Redes Sociais

Vôlei

Brasília Vôlei começa disputa nas quartas de final da Superliga Feminina neste sábado

Escrito em

Foto: Patricy Albuquerque/Brasília Vôlei

O Brasília Vôlei começa, neste sábado (13), a disputa dos playoffs quartas de final da Superliga Feminina de Vôlei. O time candango terminou a primeira fase da competição na oitava posição, com oito vitórias em 22 partidas.

Nesta fase, o adversário será o Minas Tênis Clube, que terminou a primeira fase na liderança da competição, com apenas uma derrota. No confronto direto, as mineiras venceram as duas partidas por 3 sets a 0.

Os três jogos do playoff serão realizados em Belo Horizonte/MG, na Arena Minas. Isso porquê o Distrito Federal segue em lockdown e, de acordo com o decreto governamental, está proibida a realização de partidas na capital federal.

Em entrevista ao site oficial da Superliga, o treinador Rogério Portela analisou a participação do time candango na competição e falou da expectativa para o confronto contra o Minas. “Vamos jogar contra uma grande equipe, que é cotada para estar na final. Estamos prontos para fazer esse confronto com a cabeça no lugar, sabendo que será um grande desafio para todo o nosso projeto”, disse Rogerio Portella.

Apesar do oitavo lugar, Rogério entende que o time vive um momento de desafio e superação. “Temos que exaltar a nossa classificação em oitavo lugar para o playoff. Isso foi uma conquista do nosso projeto depois de virmos da Superliga B”, ressalta.

A largada acontece neste sábado (13), às 19h, com mando do Minas. O segundo jogo da série será disputado na quarta-feira (17), às 19h, com mando do Brasília Vôlei. Se necessária, a partida decisiva será realizada no dia 21 de março, às 19h.

Rener Lopes é jornalista formado pela Universidade Católica de Brasília (UCB); Atua na mídia esportiva desde 2006. Já teve passagens pelas rádios Paranoá FM, Comunidade FM do Gama, Transamérica FM Brasília, Bandeirantes AM Brasília e Ativa FM Brasília. Tem no currículo três olimpíadas (Atenas 2004, Londres 2012 e Rio 2016), duas Copas do Mundo (Brasil 2014 e 2019) e uma Copa América (Brasil 2019).

Continue Reading