Na noite desta quarta-feira (22), a seleção brasileira feminina de vôlei fez a sua segunda partida na Liga das Nações 2019. A equipe comandada por José Roberto Guimarães enfrentou a seleção da República Dominicana, no ginásio Nilson Nelson, e perdeu por três sets a zero, com parciais de 21-25, 20-25, 25-22 e 26-28. No outro jogo do grupo, a seleção da Rússia bateu a China por três sets a um.

Maior pontuadora da partida com 29 pontos, a ponteira Gabi ressalta que a equipe brasileira falhou em um dos seus principais fundamentos: a defesa. “Foi uma partida muito difícil, a República Dominicana fez um grande jogo, agressivas o tempo inteiro, nosso volume de jogo não funcionou tão bem. Nós temos um longo caminho na Liga das Nações, tem muita coisa para acontecer ainda. É descansar um pouco hoje, analisar os nosso erros porque amanha ainda tem um jogo muito difícil contra a Rússia”, contou a capitã brasileira.

O técnico da seleção brasileira, José Roberto Guimarães, ressalta também que o jogo sobrecarregado na capitã brasileira precisa ser melhorado nos próximos jogos. “Nosso saque não foi tão agressivo quanto foi ontem contra a China, e nosso bloqueio também não foi eficiente. Quem pontuou muito no nosso time foi a Gabi e nesse jogo ela acabou um pouco sobrecarregada, precisamos distribuir nosso jogo melhor para não sobrecarregar a Gabi”, explicou o treinador brasileiro.

Técnico vencedor na partida de hoje, o brasileiro Marcos Kwiek ressalta a importância de vencer as brasileiras para a evolução do seu time visando o pré-olímpico, que acontece um agosto no Brasil. “Nós sabemos que não é a equipe principal do Brasil, mas essas meninas estão acostumadas a jogar a Superliga, tem meninas bem rodadas, e o meu time é tem rodagem, mas é muito novo, eu tenho duas jogadoras com mais de trinta anos apenas, então pra gente ganhar é sempre bom e ver a evolução do time”, celebrou o treinador da República Dominicana.

O JOGO

No primeiro set, a seleção dominicana foi quem começou na frente abrindo 4×1 após dois erros de ataque do Brasil. O time dominicano continuou melhor no começo do jogo e abriu 13×9 no set e obrigou Zé Roberto a pedir o primeiro tempo técnico da partida. Após a parada o Brasil voltou melhor e empatou a parcial em 15×15 depois de um toque na rede das dominicanas. A seleção dominicana voltou a abrir vantagem no final do set e venceu a parcial por 25×22 abrindo um set a zero no duelo.

No segundo set, as dominicanas começaram na frente abrindo 2×0 após um ponto de ataque e um ace. As brasileiras logo se recuperaram e viraram a parcial para 4×3. As visitantes chegaram ao primeiro tempo técnico na vantagem de 8×5 após um erro de ataque da Amanda. O Brasil chegou a ensaiar uma reação diminuindo a diferença para 11×12, mas as dominicanas voltaram a abrir fazendo 16×12 com o Brasil muito errático. Com uma vantagem boa na parcial, as dominicanas não tiveram dificuldades para vencer o set por 25×20 e abrir dois sets a zero no jogo.

No terceiro set, o Brasil começou uma parcial na frente no placar pela primeira vez na partida abrindo 3×1 após um erro das dominicanas. Após um ataque da Paula Borgo, o Brasil aumentou a diferença para 7×2. Durante o set, o Brasil chegou a ter uma vantagem de 13×7, mas viu a República Dominicana emaptar a parcial em 19×19. O Brasil abriu a diferença três pontos na reta final do set e venceu a parcial por 25×22 e diminuiu a vantagem das dominicanas para dois sets a um na partida.

No quarto set, embalado pela vitória no set anterior, o Brasil começou a parcial vencendo por 4×1 após um ponto da Gabi. Mas as visitantes não deixaram o Brasil abrir grandes diferenças no placar e empataram em 4×4. Depois foi a vez das dominicanas abrirem vantagem e chegar ao tempo técnico com vantagem em 8×6.

O Brasil virou a parcial em 12×11 após um ponto de ataque da Gabi. Após tomar a liderança no placar, o Brasil contou com uma boa atuação da Gabi para abrir 15×11 no set. Mas as dominicanas voltaram à frente no placar 23×22 após as brasileiras estarem com uma vantagem de 22×18. O set ficou empatado em 24×24 e foi para a diferença mínima. A seleção dominicana, no terceiro match point, venceu o set em 28×26 e fechou a partida por três sets a um.

Sequência

Nesta quinta (23), a seleção brasileira retorna à quadra para encerrar a sua participação na etapa brasileira da Liga das Nações contra a Rússia. A partida acontece no ginásio do Nilson Nelson, em Brasília, às 20h. Antes, às 17h, a seleção dominicana enfrenta a China.