Brasília tem um bicampeão de futebol americano. O Tubarões do Cerrado recebeu o Leões de Judá na tarde deste sábado (01), no estádio Abadião, em Ceilândia e sagrou-se vencedor do Campeonato Candango ao vencer por 7×2.

Com a vitória, o time azul do DF conquistou o bicampeonato da competição, que em 2019, levou o nome de Cairo Santos, atleta do Tampa Bay Bucaneers.

O Tubarões do Cerrado saiu na frente com um touchdown de Sedrick, ainda no primeiro quarto de jogo, colocando 6×0 no placar. O ponto extra foi convertido por Victor Fialho e o marcador ficou em 7×0 para os donos da casa.

Já no segundo período, o Leões de Judá teve a chance de marcar um field goal de 20 jardas, mas a bola foi pra fora.

O jogo ficou truncado e o Leões de Judá descontou o marcador com um safety – quando o jogador adversário entra na própria linha de fundo com a posse de bola -, apenas no terceiro quarto da partida, anotando dois pontos.

Com o placar de 7×2, o time marrom precisava de apenas um touchdown para virar o jogo, mas a bola não chegava na linha de fundo adversária. Coube ao Tubarões do Cerrado administrar o resultado e conquistar a vitória e o título candango.

Tubarões do Cerrado sagrou-se bicampeão candango ao vencer o Leões de Judá por 7×2 – Foto: Dionísio Rodrigues/All Sports

Primeira Divisão

Agora, as atenções das equipes voltam-se para a Brasil Futebol Americano, a primeira divisão da modalidade no país. Tubarões do Cerrado e Leões de Judá se juntam ao Brasília Templários para representar a capital federal na Conferência Centro-Oeste.

Na largada do grupo “Centro” da conferência, em 29 de junho, o Brasília Templários recebe o Tubarões do Cerrado. Já o Leões de Judá visita o CG Predadores, em Campo Grande/MS.