Brasília Alligators e Sorriso Hornets se enfrentaram na tarde deste sábado (26) no estádio Rorizão, em Samambaia. Foi a primeira vez que a cidade recebeu uma partida de futebol americano.

O time que agora representa a cidade brasiliense até saiu na frente diante dos mato-grossenses, mas com uma partida memorável de Tharcízio e Alex Garcia, os visitantes não tomaram conhecimento do adversário e venceram por 71×6.

No primeiro quarto, o Alligators abriu o placar logo a 15 segundos de jogo, com um touchdown marcado por Jones. Como o extra point não foi convertido, o placar ficou em 6×0.

Depois disso, o que se viu foi um vareio do Sorriso Hornets. Ainda no primeiro quarto, Matheus Felipe anotou o primeiro touchdown dos visitantes e Marcos fez o extra point, virando o jogo pra 7×6. Ainda deu tempo de Felipe Vidal converter mais um touchdown e fechar os 12 minutos iniciais com o time de amarelo vencendo por 13×6.

No segundo quarto, o Brasília Alligators não conseguiu contornar a situação e reagir na partida. Com isso, o Hornets aproveitou os erros dos jacarés e ampliou ainda mais a vantagem. Tharcízio marcou o primeiro touchdown dele no jogo e Marcos converteu o ponto extra, fazendo 20×6.

Tharcízio marcou mais um touchdown e deixou o placar em 26×6. Anderson Cassol fez o terceiro touchdown do segundo quarto após uma interceptação e Marcos fez o extra point, colocando 33×6. Em seguida, outra interceptação, desta vez de Alex Garcia, e outro extra point de Marcos, colocando 40×6. Antes do intervalo, Felipe Vidal fez mais um touchdown e Marcos colocou no meio do “U”. Os visitantes foram para os vestiários vencendo por 47×6.

Brasília Alligators saiu na frente, mas tomou uma surpreendente virada do Sorriso Hornets - Foto: Carlos Teixeira/Agência EB
Brasília Alligators saiu na frente, mas tomou uma surpreendente virada do Sorriso Hornets – Foto: Carlos Teixeira/Agência EB

O Alligators voltou do intervalo tentou reagir, mas viu o Hornets marcar mais três touchdowns, sendo um deles feito por Alex Garcia após recuperar a bola em um erro da defesa candanga. Além disso, os visitantes fizeram mais dois extra points e uma conversão de dois pontos foi feita por Edilson. O placar estava em 69×6.

O Hornets não desistiu de ampliar ainda mais o placar, uma vez que o saldo de pontos é critério de desempate e colocou a defesa do Alligators na endzone adversária. Com isso, o time mato-grossense conquistou um safety, colocando 71×6 no placar.

Alex Garcia (36) recuperou a bola após um fumble e foi em direção à end zone para marcar mais um touchdown para o Sorriso Hornets - Foto: Carlos Teixeira/Agência EB
Alex Garcia (36) recuperou a bola após um fumble e foi em direção à end zone para marcar mais um touchdown para o Sorriso Hornets – Foto: Carlos Teixeira/Agência EB

No último quarto, o Hornets tirou o pé do acelerador e apenas administrou o resultado. Contudo, aos seis minutos do período, e após três quarterbacks contundidos, os dois técnicos e o delegado da partida optaram – em comum acordo – por encerrar o jogo e confirmar a vitória do time mato-grossense por 71×6.

Com a derrota, o Brasília Alligators está fora da próxima fase do grupo A da Liga Nacional de Futebol Americano. O Sorriso Hornets é o segundo colocado da competição, obtendo a primeira vitória na chave.

O Brasília Alligators fecha a participação na Liga Nacional no dia 16 de setembro, às 10h, no estádio Rorizão, em Samambaia. Já o Sorriso Hornets realiza o segundo jogo da conferência no dia 09 de setembro, às 14h, no Estádio Egídio José Preima, em Sorriso/MT. As duas partidas serão diante do Leões do Judá.

 

Compartilhar