Siga Nossas Redes Sociais

Futebol

Sobradinho e Gama ficam no empate

Escrito em

Sobradinho e Gama se enfrentaram no estádio Augustinho Lima na tarde deste domingo de páscoa (27). Apesar das tentativas, o placar não saiu do zero a zero. O que chamou a atenção do jogo foi o número de cartões distribuídos (dez), sendo cinco para cada equipe.

O jogo
O Sobradinho começou o jogo pressionando. Aos seis, Weverton cobrou escanteio e a bola foi para Natan, livre de marcação, cabecear para fora. O goleiro Pereira apenas tirou com os olhos.

A primeira chance de perigo do Gama veio apenas aos 15 minutos. O estreante João Douglas lançou Fábio Gama pela direita, mas na hora de finalizar, o camisa dez alviverde não chegou a concluir.

O árbitro Wales Martins resolveu pedir tempo técnico e, após a parada, as duas equipes resolveram abrir a caixa de ferramentas. Aos 23, jogadores começam a discutir e quatro jogadores foram punidos, dois de cada time.

Aos 31, Betinho recebeu passe na grande área e arriscou para o gol, a bola passou perto do goleiro Pereira. Quase o Sobradinho abre o placar. Na reta final do primeiro tempo, aos 47, resposta do Gama. Willams cobra escanteio e a bola vai na medida de João Douglas. O jogador cabeceia e a bola passa rente à trave do goleiro Léo.

O primeiro tempo foi de poucas chances - Foto: Divulgação/SEGama

O primeiro tempo foi de poucas chances – Foto: Divulgação/SEGama

Já no segundo tempo, aos cinco, Kelvin domina a bola e, na hora de cruzar, a linha de defesa do Gama atua, livrando Betinho de finalizar para o gol do Sobradinho. Quatro minutos depois, Lucas Victor avançou pela esquerda, se livrou da marcação e, na hora de bater pro gol, o goleiro Pereira espalmou pela linha de fundo.

As duas equipes voltaram a cometer muitas faltas e a arbitragem teve que começar a administrar a situação. No entanto, nenhuma das chances que os times tiveram não eram concluídas em gol.

Aos 23, Abuda bate falta, a bola vai na grande área e, após bate-rebate, Eduardo tentou um voleio, mas a redonda vai pela linha de fundo.

Seis minutos depois, o clima começou a esquentar. O jogador Lucas Victor, do Sobradinho, ficou caído no campo. No entanto, o defensor gamense Dudu Gago não quis aplicar o fair play e levou cartão amarelo.

Aos 36, Abuda cobrou uma falta longe do gol de Léo. Foi o estopim para que os torcedores gamenses, que compareceram em maior número, começassem a cobrar da equipe, bradando palavras de ordem. Cinco minutos depois, o Gama tentou mais uma vez. Michel Pires, que entrou no segundo tempo do jogo, recebe passe de Willams e solta a pancada. A bola passa rente à trave de Léo e vai pela linha de fundo.

O clima ficou quente na reta final de jogo, quando, aos 44, Lucas Judvan, que também entrou no segundo tempo, foi expulso de campo após uma confusão com jogadores do Sobradinho. Depois disso, o árbitro Wales Martins anotou três minutos de acréscimo e encerrou a partida. O resultado não saiu do 0x0.

Wales Martins distribuiu dez cartões, sendo nove amarelos e um vermelho. Jogadores reclamaram da arbitragem - Foto: Divulgação/SEGama

Wales Martins distribuiu dez cartões, sendo nove amarelos e um vermelho. Jogadores reclamaram da arbitragem – Foto: Divulgação/SEGama

“Acho que saímos com uma vantagem do empate, mas precisávamos da vitória. Agora trabalhar na semana para enfrentar o Santa Maria e conseguir a classificação”, ressaltou o técnico do Sobradinho, Elio Junior.

“Graças a Deus, adquirimos um bom resultado. O professor deu oportunidades a outros jogadores e mesclou a equipe. Todos fomos bem, pois somos um grupo. Só que a gente tentou sair com a vitória e não conseguimos”, analisou o atacante Michel Pires, do Gama.

Na próxima rodada, o Gama encara o Paracatu em jogo atrasado da oitava rodada e depois fecha a primeira fase diante do Atlético Taguatinga. Já o Sobradinho encerra a primeira fase diante do Santa Maria.

CAMPEONATO BRASILIENSE – 10ª RODADA
SOBRADINHO 0-0 GAMA

Público: 804 pagantes
Renda: R$ 5.545,00
Cartões amarelos: André Nunes, Natanael, Weverton, Jarbas, Lucas Victor (Sobradinho); Dudu Gago, João Paulo, Tiago, Formiga (Gama).
Cartão vermelho: Lucas Judvan (Gama)

SOBRADINHO
Léo, Weberthy, Alex, André Nunes e Natanael; Weverton, Dadinho e Jarbas, Kelvin, Betinho (Lucas Fernando) e Lucas Victor.
Técnico: Elio Junior

GAMA:
Pereira; Dudu Gago, João Paulo, Eduardo e Makeka; Tiago Gaucho, Abuda, João Douglas (Lucas) e Fábio Gama (Michel Pires); Erik (Formiga) e Willams
Técnico: Arthur Bernardes

Rener Lopes é jornalista formado pela UCB. Atua na mídia esportiva desde 2006, com passagens por seis rádios, como narrador e setorista. Tem no currículo três olimpíadas (Atenas 2004, Londres 2012 e Rio 2016), duas Copas do Mundo, duas Copas América. Apresenta o Mais Brasil Esportes na Mais Brasil News FM.

Continue Reading
Clique para deixar seu comentário

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

P