Siga Nossas Redes Sociais

Futebol

Sob vaias, Flamengo faz o suficiente e avança na Primeira Liga

Escrito em

O Flamengo enfrentou o Figueirense na noite desta quarta-feira (09), no estádio Nacional Mane Garrincha, pela terceira e última rodada da fase de grupos da Primeira Liga. O time rubro-negro precisava apenas de um empate para se classificar, e apesar de não ter feito bom jogo, conseguiu a classificação ao empatar por 1×1 com o time catarinense.

O Jogo
Apesar de boas chances para ambos os times, o jogo foi lento e difícil de se ver. O Flamengo trocava muitos passes, mas não conseguia criar chances de gol se limitando a ficar passando a bola na defesa.

A primeira chance clara do jogo acabou em gol, mas para o Figueirense, depois de um erro bisonho na defesa do Flamengo, aos 29 do primeiro tempo. No recuo de bola, Wallace deixa para o goleiro Paulo Victor, que deixa para Wallace novamente. Na indecisão da defesa, Marquinhos Pedroso rouba e passa rápido para Everton Santos, sozinho, empurrar para o gol, para a festa do solitário torcedor do alvinegro do estreito que estava no Mané Garrincha.

O time carioca responde de imediato. Aos 33, Ederson avança pelo meio, e entre três jogadores, consegue o passe para Guerreiro, que com categoria, chuta de canhota para o fundo das redes, empatando o jogo para o Flamengo.

Paolo Guerrero (D) comemora gol marcado na metade do primeiro tempo - Foto: Alex Farias/Agência EB

Paolo Guerrero (D) comemora gol marcado na metade do primeiro tempo – Foto: Alex Farias/Agência EB

 

Após o empate, o jogo deu uma esfriada, pois os cariocas voltam a trocar passes na defesa e o Figueirense se retrucava mais ainda.

No final do primeiro tempo, o Figueira quase volta a ficar na frente em um ótimo contra-ataque puxado por Everton Santos, mas a bola para nas mãos de Paulo Victor.

No segundo tempo, o Flamengo parte em busca da virada. Emerson Sheik, na cara do gol, erra três tentativas de finalização. Duas foram para fora e uma foi na trave. O Figueirense responde por duas vezes, com Dudu e Dodô, mas o goleiro Paulo Victor se estica e defende os dois chutes.

Emerson Sheik tentou por três vezes, mas não marcou para o Flamengo - Foto: Alex Farias/Agência EB

Emerson Sheik tentou por três vezes, mas não marcou para o Flamengo – Foto: Alex Farias/Agência EB

Aos 38, o Figueirense tem a melhor chance do jogo. Carlos Alberto, que entrara na metade do segundo tempo, avança pelo meio, deixa quatro marcadores do Flamengo na saudade, e lança para Dudu. O atacante catarinense bate para o gol e Paulo Victor salva com os pés.

Mesmo sob vaias na reta final de jogo, o empate foi suficiente para o Flamengo conseguir a classificação para a próxima fase da Primeira Liga. O rubro-negro espera a situação entre Grêmio e Atlético-PR para definir quem será o melhor segundo colocado da primeira fase. A partida da semifinal está marcada para o dia 23 de março.

PRIMEIRA LIGA – 3ª RODADA
FLAMENGO 1-1 FIGUEIRENSE

Público: 7.219 pagantes
Renda: R$ 356.370,00
Cartões amarelos: Rodinei (Flamengo); Gatito Fernández, Elicarlos, Jackson Caucaia (Figueirense)

FLAMENGO
Paulo Victor; Rodinei, Wallace, Juan e Jorge; Cuéllar, Willian Arão e Ederson (Gabriel); Marcelo Cirino (Lucas Paquetá), Paolo Guerrero e Emerson Sheik.
Técnico: Muricy Ramalho

FIGUEIRENSE
Gatito Fernández; Leandro Silva, Marquinhos, Nirley e Marquinhos Pedroso; Elicarlos, Jefferson (Jackson Caucaia), Bady e Dodô (Carlos Alberto); Dudu e Everton Santos (Gabriel Esteves).
Técnico: Vinicius Eutrópio

Continue Reading
Clique para deixar seu comentário

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

P