Siga Nossas Redes Sociais

Futebol

Público pode acompanhar partidas da Segundinha. Mas qual o limite?

Escrito em

Neste sábado (18), começa a Segunda Divisão do Campeonato Candango. São dez times disputando vaga na elite do futebol local.

A novidade é que, com o avanço da vacinação contra a Covid-19, os torcedores já podem voltar aos estádios. A decisão foi tomada pelo governador Ibaneis Rocha e publicada no Diário Oficial do Distrito Federal em agosto.

Dessa forma, 30% da capacidade total de cada estádio está liberada para receber o público. Ao torcedor caberia apresentar o comprovante de vacinação completo (duas doses ou dose única, no caso da Janssen) ou um exame RT-PCR feito 48h antes da bola rolar.

Questionado pela reportagem da Esportes Brasília, o presidente da FFDF, Daniel Vasconcelos, confirmou a informação, mas ratificou que cada clube teria que comunicar à entidade caso tivesse o desejo de vender as entradas aos torcedores.

Os jogos da primeira rodada da Segundinha serão disputados nos estádios Serra do Lago, em Luziânia/GO, Diogão, em Formosa/GO, Abadião, na Ceilândia, e Ciro Machado, na Vila Planalto. Entretanto, para a primeira rodada da segunda divisão local, a reportagem da EB apurou que nenhum time abriu venda de ingressos para a rodada

Mas, você sabe qual a capacidade de público que, neste momento, cada um deles poderia receber? Vale lembrar que o decreto do governo da capital federal não atinge aos estádios Serra do Lago e Diogão, uma vez que eles são administrados pelo Governo de Goiás.

Abadião

O Estádio Abadião, situado na Ceilândia, tem a capacidade máxima de cinco mil pessoas. Com a liberação de 30%, 1.500 podem ir às arquibancadas mostrar torcida.

Foto: Reprodução

Ciro Machado

O menor deles é o estádio Ciro Machado do Espírito Santo. O campo da Vila Planalto tem limite de mil pessoas. Nos jogos da Segundinha, apenas 300 pessoas podem participar das partidas.

Foto: Divulgação/Real Brasília

Continue Reading