Siga Nossas Redes Sociais

Futebol

Paranoá denuncia tentativa de aliciamento de jogadores para manipulação de resultados

Escrito em

O ano é 2021. O Campeonato Brasiliense daquele ano ficou manchado por jogos com suspeita de manipulação de resultados. Entre as partidas sob desconfiança, estavam placares elásticos, como a derrota do Formosa para o Samambaia por 6×1, no dia 2 de abril, e a derrota por 8×1, do próprio Samambaia, para o Ceilândia, oito dias depois. Nas duas oportunidades, as casas de aposta pagavam altos valores pelos resultados pouco prováveis.

Nesse ano, a história poderia voltar a se repetir. Dessa vez, o time envolvido nesse episódio é o Paranoá. A diferença é que o rumo desse caso foi bem diferente.

O clube informou, nesta terça-feira (18), que cinco atletas da equipe receberam proposta para ajudar a manipular resultados do campeonato candango que tem início neste final de semana.

A reportagem da Esportes Brasília entrou em contato com a diretoria do clube, que informou que os atletas procurados foram todos do sistema defensivo.

“Goleiro, zagueiro e lateral”, disse Kléber Moraes, diretor do Paranoá. Ele confirmou que a procura ocorreu após o time divulgar o elenco na página oficial no Instagram e de ter registrado os contratos no Boletim Informativo Diário da CBF, o BID-e.

Kléber também informou que o Paranoá vai acionar o Ministério Público, a Polícia Federal, a Polícia Civil e a Interpol.

Segundo o diretor do clube, uma página do Instagram entrou em contato com os cinco jogadores do clube oferecendo um valor de 400 Euros, cerca de R$2,5 mil na cotação atual, para ajudar na possível manipulação de resultados.

Após a abordagem, os jogadores procurados pela casa de aposta informaram o ocorrido ao clube, que prontamente repudiou a ação junto ao perfil da rede social e começou a tomar as medidas cabíveis.

A Federação de Futebol do Distrito Federal se manifestou sobre o episódio em uma postagem nas redes sociais. Na mensagem, a Federação informa que a gestão do presidente Daniel Vasconcelos não compactua com ações ilegais e que estão empenhando no combate à manipulação de resultados dentro do futebol do DF, “que gera desgaste e prejudica a imagem do torneio”. E finaliza o texto parabenizando o Paranoá por fazer a denúncia e não compactuar com essa prática.

CONFIRA O COMUNICADO OFICIAL DO CLUBE:

Na data de hoje 18/01/2022 um atleta do nosso elenco foi abordado via mensagem direct do instagram por um perfil com o nome de @arhbet onde lhe foi oferecida uma quantia de 400,00 (quatrocentos) euros para participar de manipulação de resultados.

O atleta de forma honrosa e digna negou a oferta e reportou a nossa diretoria, conforme os prints em anexo que estamos enviando.

Enviamos uma mensagem para o perfil para inibir a prática e reafirmar a posição do nosso atleta e nossa credibilidade como clube.

Nesse sentindo peço que divulguem no âmbito dos clubes do Campeonato Candango 2022 como forma de orientar os atletas e observar alguma prática suspeita.

Obrigado!

Paranoá Esporte Clube

Ana Paula Freire é formada em jornalismo pela Universidade Católica de Brasília e tem na bagagem a cobertura dos Jogos Olímpicos de Londres 2012.

Continue Reading
P