Os garotos do Gama encerraram a participação na Copinha na tarde deste sábado. A partida contra o Tupi – MG, na cidade de Indaiatuba-SP, terminou empatada em 1×1 e o alviverde foi eliminado nas cobranças de pênaltis alternadas.

Mesmo com a derrota, o destaque do jogo foi o goleiro Marcos. O camisa 1 fez ótimas defesas durante a partida e chegou a pegar um pênalti, mas não foi o suficiente para levar o time para a próxima fase.

O JOGO

No primeiro tempo, quem teve mais oportunidade foi o time de minas, que martelava desde os instantes iniciais da partida. Logo aos quatro minutos, um cruzamento quase acabou em um gol contra. O zagueiro se atrapalhou e coube a Marcos salvar o Periquito pela primeira vez no jogo, empurrando a bola para fora.

O Gama chegou ao ataque com perigo apenas uma vez, aos 15′. Gustavo fez boa jogada individual, driblou o adversário, entrou na área, mas bateu fraco e o goleiro encaixou a bola.

O Gama não demonstrava ofensividade e o Tupi continuava a atacar com mais perigo. Aos 34’ Jordan foi na linha de fundo, limpou dois marcadores e tocou rasteiro para dentro da área. Patrick só teve o trabalho de empurrar para fundo do gol e abrir o placar. Gama 0x1 Tupi-MG.

Na segunda etapa, os técnicos colocaram gás novo no time. No Gama, entrou Leonardo no lugar de Vitor. No Tupi, saiu João Marcos e entrou Luiz Fernando. Porém, nada que alterasse o andamento da partida nos minutos iniciais.

Aos 21’, o goleiro Marcos fez uma brilhante defesa após chute de Nenê. O meia bateu firme próximo à marca do pênalti e o goleiro espalmou salvando o alviverde mais uma vez. O Gama respondeu ao 25’. Após cobrança de falta, Lucas Silveira cabeceou sozinho na pequena área para empatar a partida. Gama 1×1 Tupi.

O alviverde tomava perigo, mas o goleiro marcos garantia o empate lá atrás. Aos 27, veio um chute perigoso de longe do zagueiro Pedro, mas o goleiro do Gama com a pontinha dos dedos foi buscar.

Outro susto no Gama veio aos 38, quando Pedro, na primeiro trave resvalou na bola e ela sobrou para João Gustavo empurrar para o gol. Mas o bandeirinha assinalou impedimento.

As emoções ficaram realmente para o final. Aos 47’, Marcos salvou novamente. Em um cruzamento para a pequena área, o atacante do tupi subiu mais alto e o arqueiro teve excelente reflexo para espalmar a bola. No rebote, a bola foi chutada para fora. Final de jogo, Gama 1×1 Tupi.

Nos pênaltis, o goleiro Marcos seguiu fechando o gol e logo na primeira cobrança pulou no canto esquerdo e defendeu. O alviverde ficou na vantagem até a última cobrança, quando a bola da classificação estava nos pés do Daniel, que desperdiçou. Terminou a série em 4×4.

As cobranças foram para os lances alternados. Na segunda penalidade máxima, foi a vez do goleiro do Tupi brilhar. Ele pulou no canto direito e garantiu o time de minas na próxima fase.

Na sequência, o Tupi vai enfrentar Athlético-PR, que eliminou o Bahia neste sábado. Já o Gama, que se despede da copinha após ter conseguido um grande feito de passar pela fase de grupos, volta para casa mais cedo.

COPA SÃO PAULO DE FUTEBOL JÚNIOR 2020 – SEGUNDA FASE
GAMA-DF 1×1 TUPI-MG – TEMPO NORMAL
GAMA 5×6 TUPI – PENALIDADES MÁXIMAS
11/01/2020 – ESTÁDIO ÍTALO MÁRIO LIMONGI – INDAIATUBA-SP

Gols: Patrick, aos 34 minutos do 1 tempo; Lucas Silveira, aos 25 minutos do 2 tempo.

GAMA
Marcos; Vitor Sales, Jonas, Vitor(Leonardo), Erick(Mateus); Lucas Silveira, Gustavo, Índio(Muriel), Daniel e Breno(Fernando), Pedrinho(Ximenes).
Técnico: Leonardo Roquete

TUPI
Davi; Felipe, Pedro, João Gustavo, Jordan Kaique(Pedro); Felga(Lolote), Max, Nenê, João Marcos(Luiz Fernando), Rê, Patrick.
Técnico: Wesley de Assis