Luziânia e Operário se enfrentaram neste domingo (19) pela primeira fase da Copa Verde. Como o jogo de ida terminou em empate por 1×1, quem vencesse o confronto deste domingo garantia a vaga para a próxima fase. E foi o que aconteceu. Com um golaço de Alex Junior, o Luziânia venceu por 1×0 e segue vivo na competição.

O jogo
No início da partida, quem pressionava era o Operário. O time sul-matogrossense quis logo tentar abrir o placar para que a vantagem que pertencia à equipe luzianiense já caísse por terra.

Aos 11, em cobrança de falta, o Operário assustou Sid. Válber soltou a bomba e a zaga trabalhou rápido, colocando pela linha de fundo. Contudo, depois dos 15 minutos iniciais, o Luziânia retomou as ações do jogo, com bom trabalho de Renatinho, Dan e Alex Júnior.

Tanto que, aos 28 minutos, a rede balançou. E de uma maneira magistral. Amaral avança pela direita e toca na medida para Alex Junior dominar a bola no ar e virar de bicicleta, colocando no ângulo de França, e abrindo o placar para o Luziânia.

Amaral começa a jogada pela direita e cruza na medida para Alex Junior, de bicicleta, marcar um golaço no Serra do Lago - Foto: Benilton Sampaio/ExtraB
Amaral começa a jogada pela direita e cruza na medida para Alex Junior, de bicicleta, marcar um golaço no Serra do Lago – Foto: Benilton Sampaio/ExtraB

Seis minutos depois, Agnaldo trouxe pela esquerda, passou por tres defensores do Luziania e bateu de direta cruzado, arrancando o “uh” da torcida.

O Operário não desistia de pressionar o Luziânia. Aos 38, Wilson tenta chegar na grande área, é derrubado, ainda tenta finalizar, mas Peri não quis saber de brincadeira e mandou pela lateral.

Na reta final do primeiro tempo, o Operário voltou a atacar com perigo. Aos 45, Eduardo Arroz recebeu passe pela direita e lança Agnaldo, que finaliza e a bola passa rente à meta de Sid. Um minuto depois, a resposta do Luziânia. Alex Junior recebeu passe pela esquerda e bateu pro gol. A bola foi na trave superior e pingou dentro do gol, mas o árbitro capixaba Rudimar Goltara nao valida o segundo tento goiano.

Já na segunda etapa, o Luziânia voltou melhor no jogo. No entanto, por conta de uma falta, Alex Junior toma o segundo cartão amarelo e é expulso, deixando os donos da casa com um jogador a menos.

Aos 22, Dan cobra uma falta rapidaimente e Thompson aproveita a falha de França, tira do goleiro e manda pela linha de fundo, quase marcando o segundo gol do Luziânia.

A partir da expulsão de Alex Junior, o técnico Celso Rodrigues colocou Dieguinho e Kauhan para que o Operario fosse em busca do empate. Já Evilásio de Almeida deixou o Luziânia praticamente todo na defesa.

Na última chance de perigo, aos 46, após cobrança de lateral, a bola passa pela grande área e Agnaldo, livre de marcação, cabeceia no travessão de Sid. Quase o Operário empata o jogo e leva a decisão para os pênaltis. No entanto, o Luziânia fechou a retranca, não permitindo a saída da bola da defesa da casa, e apenas aguardou o apito final para comemorar a classificação.

Com a vitória, o Luziânia avança para a segunda fase da Copa Verde e enfrenta o Rondoniense/RO, que eliminou o Cuiabá/MT após empatar em 1×1 neste domingo (o jogo de ida havia sido 0x0).

COPA VERDE – 1ª FASE
LUZIÂNIA 1-0 OPERÁRIO/MS
19.03.2017 – ESTÁDIO SERRA DO LAGO – LUZIÂNIA/GO

Árbitro: Rudimar Goltara (ES)
Pùblico: 455 pagantes
Renda: R$ 4.100,00

CARTÕES AMARELOS:
Alex Junior, Renatinho, Robinho (Luziânia)
Eduardo Arroz, Fabinho, Valber (Operário)

CARTÕES VERMELHOS:
Alex Junior (Luziânia)
Eduardo Arroz (Operário)

CARTÕES VERDES:
Rodriguinho Belchior (Luziânia)
Igor Vilela, França (Operário)

LUZIÂNIA
Sid; Amaral, Cauê, Peri e Rodriguinho; Castro Junior (Rodrigo Barros), Thompson, Robinho, Renatinho (Rodriguinho Belchior) e Dan (Webert); Alex Junior.
Técnico: Evilásio de Almeida

OPERÁRIO
França; Paulinho, Fabinho (Dieguinho), Bruno Everton e Da Silva; Eduardo Arroz, Wilson, Agnaldo e Leandro Diniz (Igor Sena); Valber e Igor Vilela (Kauhan).
Técnico: Celso Rodrigues

Compartilhar