Siga Nossas Redes Sociais

Futebol

Imprensa esportiva ameaça boicotar cobertura da primeira rodada do Candangão

Escrito em

Devido ao não funcionamento dos elevadores do estádio Bezerrão, a imprensa esportiva do Distrito Federal ameaça não cobrir a primeira rodada do Candangão 2021. No sábado, 20, Gama e Capital se enfrentam na estreia do campeonato regional e não há perspectiva de que os elevadores sejam consertados até o dia da partida.

Jânio Gomes, Presidente da Associação Brasiliense de Cronistas Desportivos (ABCD), fez um apelo ao subsecretário de Futebol da secretaria de Esporte do Distrito Federal, Paulo Victor, para que os elevadores sejam colocados à disposição da crônica esportiva do DF. “Venho reforçar nosso pedido, que já foi feito várias vezes no ano passado e não obtivemos retorno. É um sacrifício para o pessoal das rádios ter que subir com mais de 50 kg de equipamentos para a transmissão. Isso é uma falta de respeito com nossa categoria. É uma vergonha. Caso contrário, vamos nos reunir com a categoria e vamos paralisar as atividades, e deixar de cobrir a primeira rodada do Candangão”, desabafou o cronista.

Em vista de procurar soluções para o problema, o cronista Luiz Maurício, da Rádio Comunidade FM, foi até a Administração Regional do Gama nesta quinta-feira (18), mas o órgão afirmou não ter vínculo administrativo algum com o estádio Bezerrão.

“Colocaram para mim que a Administração não pode solucionar o problema. Só a Secretaria de Esportes, através do Subsecretário Paulo Victor ou a nova Secretária de Esportes”, afirmou. O cronista ainda disse que a administração do estádio foi contatada e informou que há um processo de licitação para o conserto de um dos elevadores, em caráter de emergência, e até a busca de parceiros que ajudem a arrumar ao menos um dos elevadores do Bezerrão.

Por sua vez, o subsecretário de Futebol da Secretaria de Esportes, o ex-jogador Paulo Victor, comentou sobre a situação e a viabilização de uma solução imediata para o transtorno.

“Estamos fazendo de tudo. Vocês sabem da nossa dificuldade. Nós não temos contrato de manutenção dos elevadores, só temos do campo mesmo. Essa semana vamos na NOVACAP (Companhia Urbanizadora da Nova Capital) ver o que a gente consegue fazer”, disse o ex-goleiro. “Já demos uma olhada no projeto final e, em breve, vai sair, se Deus quiser”, completou.

A gente não pode colocar um amigo e falar: “Conserta isso aqui para mim!”, isso tem que vir através de licitações. Nós estamos agindo o mais rápido possível para que a gente possa sanar, principalmente, o problema dos elevadores.

Paulo Vitor, Subsecretário de Futebol da Secretaria de Esportes

Durante o intervalo do jogo de volta da semifinal da Copa Verde, disputado entre Brasiliense e Vila Nova-MG, Paulo falou com a Esportes Brasília. Ele garantiu estarem fazendo de tudo para que os estádios, não somente o Bezerrão, estejam aptos a receber os jogos.

“A Secretaria de Esportes, através de sua secretária, está correndo atrás trazer um campeonato sensacional e que, realmente, seja o melhor de todos os tempos, como vem sendo falado. Brasília precisa disso para atrair mais patrocinadores”, disse.

Gabriel Spies é jornalista formado pelo Centro Universitário de Brasília (UniCEUB) e é comentarista das transmissões de rádio e televisão da Esportes Brasília.

Continue Reading