Siga Nossas Redes Sociais

Futebol

Gama arranca empate diante do Vila Nova em Goiânia

Escrito em

O Vila Nova/GO recebeu o Gama na partida de ida da segunda fase da Copa Verde. Pouco mais de dois mil torcedores, 30% deles gamenses, acompanharam o empate em 0x0 no estádio Serra Dourada, em Goiânia/GO.

Quem passar desta fase enfrentará o vencedor do confronto entre Cuiabá/MT e Aparecidense/GO. No jogo de ida, vitória do time goiano fora de casa por 3×1.

O JOGO
O Gama começou mais aceso no jogo. No entanto, o Vila Nova partiu mais para o ataque por volta dos 10 minutos da primeira etapa. Aos 14 minutos, o zagueiro Pedrão, do Gama, sentiu uma lesão no joelho esquerdo e deu lugar ao zagueiro Eduardo. O time goiano, desta maneira, aproveitou para pressionar mais. O Gama teve a primeira grande oportunidade aos 25 minutos, com cobrança de falta de Tiago Gaucho, que o goleiro Wagner Bueno defendeu.

Técnico Arthur Bernardes já teve que realizar uma substituição aos 13 minutos do primeiro tempo - Foto: Divulgação/SEGama

Técnico Arthur Bernardes já teve que realizar uma substituição aos 13 minutos do primeiro tempo – Foto: Divulgação/SEGama

Aos 29 minutos, o Vila Nova tentou com o atacante Dudu, mas finalizou para fora. O tigrão goiano continuava atacando, com o Gama tentando sair somente nas respostas rápidas. Aos 39 minutos, o técnico Leandro Niehues percebeu tal atuação do alviverde candango e mandou o Vila ir ao ataque. Após cruzamento da direita, Fernando Neto chegou ao gol, mas o goleiro do Gama, Pereira, saiu da área e defendeu de cabeça.

No segundo tempo, logo aos quatro minutos, em contra-ataque do Gama com o lateral Dudu Gago, ele veio pela direita, invadiu a grande área e chutou para ótima defesa do goleiro Wagner Bueno. Aos 9, veio a resposta do Vila Nova. Dudu avançou pela direita, mas o goleiro Pereira defendeu com segurança.

Aos 27 minutos, mais uma falta a favor do Vila Nova. Leandro cobrou e a bola bateu na zaga do Gama. Na sobra, o próprio Leandro mandou perto do gol gamense, arrancando o “uh” da torcida goiana.

Jogo foi dividido na maioria do tempo. Resultado não poderia ser outro: 0x0 - Foto: Divulgação/SEGama

Jogo foi dividido na maioria do tempo. Resultado não poderia ser outro: 0x0 – Foto: Divulgação/SEGama

Seis minutos depois, o jogador Patrick foi derrubado na grande área do Gama e o time goiano pediu pênalti. A arbitragem preferiu não marcar. A pressão vilanovense continuou e a melhor chance de gol aconteceu aos 35. Em falta a favor do Vila, o zagueiro Douglas Assis – livre de marcação – cabeceou para fora. As duas equipes apenas aguardaram o apito final e confirmaram o empate em 0x0.

O jogo da volta será em Brasília dia 07 de abril, às 19h. Pelo goianão, o Vila Nova enfrentará o Atlético Goianense neste fim de semana. Já o Gama jogará no domingo pelo Candangão, diante do Sobradinho, no Augustinho Lima.

COPA VERDE – SEGUNDA FASE
VILA NOVA 0-0 GAMA

Público: 2.094 pagantes (2.756 presentes)
Renda: R$ 16.727,00
Cartões amarelos: João Paulo (Gama); Bruno Oliveira (Vila Nova)

VILA NOVA/GO
Wagner Bueno; Douglas Assis, Reginaldo, Vinícius Simon (Bruno Oliveira) e Patrick; Leandro, Victor Bolt, Luiz Fernando e Fernando Neto; Dudu (Deivid) e Wendell Lira (Marcos Paulo).
Técnico: Leandro Niehues

GAMA/DF
Pereira; Dudu Gago, Pedrão (Eduardo), João Paulo e Makeka; Thiago Gaucho, Lucas Judvan, Abuda, Michel Pires (Formiga) e Fábio Gama (Héricles); Érick.
Técnico: Arthur Bernardes

Natural de Pelotas/RS, Sérgio Porto é jornalista com passagem pelas rádios Planalto AM, Clube AM, Nossa FM, Jovem Pan Brasil e DF10, parceira da Esportes Brasília. Também atua como repórter freelancer em diversas emissoras de rádio do país.

Continue Reading
Clique para deixar seu comentário

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

P