Siga Nossas Redes Sociais

Futebol

Fica pra próxima: Flamengo desiste de torneio no Mané Garrincha

Escrito em

Buscar um novo treinador. É por este motivo que o Flamengo não mais organizará o torneio que pretendia realizar em Brasília. A ideia é que um quadrangular envolvendo o rubro-negro carioca, Vasco, Goiás e Atlético Goianiense fosse disputado no estádio Nacional Mané Garrincha.

O Vasco anunciou na última sexta-feira (17) que não participaria da competição. O Gama foi convidado a participar. A reportagem da Esportes Brasília confirmou a informação com a diretoria alviverde, mas o martelo ainda não teria sido batido por parte do presidente Weber Magalhães.

Com isso, surgiu a possibilidade de que os jogos saíssem do Mané Garrincha e fossem para o estádio Bezerrão, no Gama. A secretaria de Esporte, que administra o local, confirmou em nota que o local ainda não havia sido reservado.

A Secretaria de Esporte e Lazer informa o estádio não está alugado e que ainda estão ocorrendo tratativas junto ao GDF para o retorno dos eventos esportivos na cidade.

nota da Secretaria de esporte à reportagem da Esportes brasília

No início da noite deste sábado (18), de acordo com o jornal O Dia, a diretoria do dragão goiano então sugeriu convidar o Vila Nova, mas a diretoria do rubro-negro carioca não contava com a saída do técnico Jorge Jesus para o Benfica/POR.

Assim, o Flamengo optou por não fazer mais o campeonato e voltar as atenções para a estreia no Campeonato Brasileiro, marcada para o dia 09 de agosto, diante do Atlético Mineiro.

Outro fator que pode ter contribuído para a desistência da competição é o fato de Brasília ainda estar na pandemia do Coronavírus, com índices cada vez mais altos de contaminação.

Rener Lopes é jornalista formado pela Universidade Católica de Brasília (UCB); Atua na mídia esportiva desde 2006. Já teve passagens pelas rádios Paranoá FM, Comunidade FM do Gama, Transamérica FM Brasília, Bandeirantes AM Brasília e Ativa FM Brasília. Tem no currículo três olimpíadas (Atenas 2004, Londres 2012 e Rio 2016), duas Copas do Mundo (Brasil 2014 e 2019) e uma Copa América (Brasil 2019).

Continue Reading