Siga Nossas Redes Sociais

Futebol

Ex-técnico do Brasiliense fala sobre eliminação: “Estava na torcida”

Escrito em

Foto: Divulgação/Brasiliense FC

Neste domingo (27), após a vitória do Brasiliense frente ao Mirassol por 2×1, que culminou na eliminação do clube da Série D, o silêncio de três semanas foi quebrado. O ex-técnico do Jacaré, Edson Souza, deu a primeira declaração pública a respeito da demissão e garantiu que estava na torcida pelo time, numa possível sequência na quarta divisão nacional.

“Vínhamos com uma boa sequência de trabalho à frente da equipe e sabíamos que a equipe tinha potencial para conseguir o acesso. Infelizmente, não foi possível dar continuidade no trabalho. Mas fiz grandes amigos no clube, com o pessoal da retaguarda, além dos atletas. Por isso, estava na torcida para que a equipe conseguisse o acesso”, disse Edson, nas redes sociais.

Com Edson Souza no comando do Brasiliense, o time fez a melhor campanha entre os 64 times da competição. Mas, antes da partida de volta contra o Real Noroeste/ES, todo o trabalho de 17 jogos (11 vitórias, quatro empates e duas derrotas) foi jogado por ladeira abaixo. Edson foi demitido e substituído por Vilson Tadei, que estava no Gama.

Edson está sem clube neste momento. Já o Brasiliense volta aos gramados no dia 20 de janeiro, quando disputa a primeira fase da Copa Verde 2020, diante de um velho algoz: o Vitória/ES.

Rener Lopes é jornalista formado pela Universidade Católica de Brasília (UCB); Atua na mídia esportiva desde 2006. Já teve passagens pelas rádios Paranoá FM, Comunidade FM do Gama, Transamérica FM Brasília, Bandeirantes AM Brasília e Ativa FM Brasília. Tem no currículo três olimpíadas (Atenas 2004, Londres 2012 e Rio 2016), duas Copas do Mundo (Brasil 2014 e 2019) e uma Copa América (Brasil 2019).

Continue Reading