Uma notícia pegou de surpresa os dirigentes e torcedores do futebol candango. Na noite desta sexta-feira (06), Erivaldo Alves, presidente afastado da Federação de Futebol do Distrito Federal, decidiu renunciar de maneira oficial ao cargo.

Em carta divulgada no site da entidade máxima do futebol do DF, Erivaldo diz que as acusações feitas a ele seriam acusações “soltas ao vento” e que não teria desviado recurso algum da Federação. Erivaldo também confessa estar arrependido de ter colocado pessoas na direção da entidade, que acabaram se voltando contra ele próprio.

Erivaldo Alves renuncia ao cargo de presidente da FFDF após escândalo do empréstimo - Foto: Divulgação/FFDF
Erivaldo Alves renuncia ao cargo de presidente da FFDF após escândalo do empréstimo –
Foto: Divulgação/FFDF

O dirigente informou que deixou a entidade para ter uma “tranquilidade pessoal e da família”, além de dedicar-se futuramente a projeto político. Finalizando o documento, Erivaldo deseja boa sorte à gestão de Daniel Vasconcelos, vice-presidente da entidade, que assumirá o cargo por três anos.

Confira o documento na íntegra:

Compartilhar