Atual campeão do Candangão, o Brasiliense está cada vez mais preparado para a temporada cheia que a equipe terá em 2018. Com 27 jogadores, o elenco amarelo não deve receber reforços a curto prazo. Além disso, o Jacaré já tem casa definida no ano que vem. Pelo menos, é o que garante a diretora de futebol do clube, Luiza Estevão.

Em entrevista à Radio DF10, parceira da Esportes Brasília, Luiza falou sobre o elenco para 2018, que se apresenta no próximo dia 1º de novembro. “Nós não temos planos para contratação no momento. Atualmente nós temos 27 jogadores”, revelou a diretora. “Nosso time está bem construído, não podemos ficar trazendo muitos jogadores. O plano é começar já treinando no dia primeiro para começar uma temporada muito boa em janeiro”, projetou.

Luiza Estevão, presidente do Brasiliense, ao lado do diretor Paulo Henrique, começam a planejar o jacaré para 2018 - Foto: metropoles.com
Luiza Estevão, presidente do Brasiliense, ao lado do diretor Paulo Henrique, começam a planejar o jacaré para 2018 – Foto: metropoles.com

Na última vez que o Brasiliense foi às compras, visando as competições do ano que vem, o clube trouxe o meia Rafinha, de 27 anos, que estava no Santos-AP. Antes de Rafinha, o Jacaré surpreendeu o futebol do DF com a contratação de Cicinho, lateral-direito com passagens por Real Madrid-ESP, Roma-ITA e campeão mundial pelo São Paulo FC. Luiza contou como chegou a um acordo com o atleta.

“A contratação do Cicinho é algo que estávamos conversando há muito tempo, porque nós precisamos montar um elenco muito forte no Brasiliense. Mantivemos conversa entre eu, Paulo Henrique (Lorenzo, presidente do clube), Rafael (Toledo, técnico) e a equipe dele (Cicinho), até que marcamos um encontro. Depois, em menos de uma semana a gente já tava acertado”, detalhou a diretora.

Nova casa
Finalizando a entrevista à Rádio DF10, Luiza foi objetiva e revelou onde o Jacaré vai mandar os jogos em 2018. “Nossos jogos serão todos no Mané Garrincha no ano que vem. Já indicamos à FFDF que vamos sediar as partidas lá”, informou.

Estádio Nacional Mané Garrincha será o palco de jogos do jacaré em 2018, envolvendo Série D, Copa do Brasil e Candangão - Foto: Reprodução/TV
Estádio Nacional Mané Garrincha será o palco de jogos do jacaré em 2018, envolvendo Série D, Copa do Brasil e Candangão – Foto: Reprodução/TV

Vale lembrar que, em 2017, o estádio recebeu partidas do Candangão e de outros esportes, como futebol americano e rúgbi. Nenhuma partida do Brasileirão aconteceu no local, uma vez que a CBF implementou norma proibindo que times da Série A e B atuassem fora dos estados de origem.

Com os recém-contratados Cicinho e Rafinha, além dos remanescentes Souza, Reinaldo, Aldo, entre outros, o Brasiliense apresenta o elenco para 2018 no próximo dia 1º de novembro, no Centro de Treinamento da equipe.

O Jacaré terá trêso competições ano que vem: o Candangão, a Copa do Brasil e a Série D do Campeonato Brasileiro.

Compartilhar