O Corinthians vai voltar para casa com boas lembranças da capital federal. Já o Vasco vai tentar entender como tomou uma virada fenomenal em 45 minutos. Na manhã do último domingo (29), as duas equipes se enfrentaram pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro e a Esportes Brasília estava lá para conferir. O resultado? 4×1 para o Timão, com direito a hat-trick de “Cristiano Romero”.

O alvinegro entrou mais ligado no jogo, tomando iniciativa e indo ao ataque. Logo aos dois minutos, Pedrinho fez jogada pela direita e cruzou para Jadson, que, por pouco, não dominou e abriu o placar.

A partir dos 20′ depois de bons contra-ataques, o Vasco passou a dominar a parada. Com maior posse de bola, só faltava uma jogada individual que furasse o bloqueio corintiano.

E foi o que aconteceu aos 46 minutos. Yago Pikachu inverteu posição com Kelvin e passou a jogar no lado esquerdo. Na primeira bola dominada naquele setor, o lateral/ala/meia partiu para cima da zaga e foi derrubado. Pênalti – contestado – que ele mesmo bateu e colocou no fundo da rede: Vasco 1×0 Corinthians.

Vasco desorganizado, Corinthians fulminante

Logo aos três minutos segundo tempo, o Corinthians empatou a partida. Num contra-ataque rápido, Clayson foi lançado em profundidade e cruzou para Jadson. O meia esperou Martín Silva ir para cima dele e passou a bola para trás, achando Romero livre para empurrar para o gol: 1×1

A partir daí, foi embora a organização defensiva vascaína. O time sentiu o baque do empate e não conseguia jogar como fez no primeiro tempo. Era a hora do Corinthians se tornar fatal e fulminante. Aos 12′, Pedrinho cruzou e Romero bateu na bola com o lado externo do pé para virar o jogo: Vasco 2×1 Corinthians.

Aos 34′, o árbitro marcou pênalti bem parecido com o do primeiro tempo, mas, desta vez, para o Corinthians. Mateus Vital entrou na área e sofreu carga por trás. Na cobrança, Jadson deslocou bem o goleiro Martin Silva e ampliou o marcador: Vasco 1×3 Corinthians.

Àquela altura, o Vasco não tinha mais poder de reação. As mexidas do técnico Jorginho não surtiram efeito. Restou ao Corinthians administrar a parada. Aos 48′, o interminável Emerson Sheik deu um belo passe para Romero. Era mesmo o dia do paraguaio! Saiu sozinho, cara a cara com Martín Silva. Foi só bater para o fundo do gol e fechar o caixão do Vascão. Fim de papo: Vasco 1×4 Corinthians.

Corinthians vence Vasco por 4x1, com três gols do artilheiro Romero - Foto: Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians
Corinthians vence Vasco por 4×1, com três gols do artilheiro Romero – Foto: Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians

CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE A – 16ª RODADA
VASCO 1-4 CORINTHIANS
29/07/2018 – ESTÁDIO NACIONAL MANÉ GARRINCHA – BRASÍLIA-DF

Gols: Yago Pikachu, aos 46 do primeiro tempo;
Romero, aos 3 e aos 12; Jadson, aos 34; Romero, aos 48 do segundo tempo
Cartões amarelos:
Ramon, Desábato, Breno, Ricardo Graça (Vasco)

VASCO

Martín Silva; Luís Gustavo, Breno, Ricardo Graça, Ramon; Desábato (Paulo Vitor), Andrey, Yago Pikachu, Evander, Kelvin; Andrés Rios
Técnico: Jorginho

CORINTHIANS

Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Henrique, Danilo Avelar; Gabriel, Douglas, Jadson (Léo Santos); Pedrinho (Emerson Sheik), Clayson (Mateus Vital), Romero.
Técnico: Osmar Loss

Compartilhar